Deixe um comentário

Invasão

*Imagem de Ivan Pantaleão do blog Aqui é Flamengo, Moleque!

Prezados amigos rubro-negros
Conforme o Alex Souteiro adiantou, venho por meio desta arquitetar um movimento de invasão ao Pacaembu. Mas antes, permitam-me explicar algumas questões, de maneira bem menos sucinta do que ele afirmou que eu faria 🙂
O Maracanã é um estádio extremamente democrático. Isso é bom? De um modo geral sim. Mas não neste caso.
Por algum motivo desconhecido, nossa diretoria desrespeitou o usual acordo de cavalheiros que faz com que 10% dos ingressos seja destinado aos visitantes. Segundo consta, o Flamengo destinou entre 2500 e 2700 ingressos à torcida do Corinthians no jogo de ontem, o que equivale a um percentual de aproximadamente 3% da capacidade do estádio.
Pouco adiantou. A torcida do Corinthians é uma torcida que se orgulha de, sistematicamente, organizar caravanas de invasão ao Maracanã. Fruto da invasão de 1976, contra o Fluminense. Eles invadiram contra o Vasco em 2000 (tiveram cerca de 25% do estádio), invadiram contra o Fluminense em 2002 (quase metade do anel inferior). E invadiram ontem.
A torcida do Corinthians teve aproximadamente 25% do anel inferior (“geral vip”). Devia haver qualquer coisa entre 6 e 8 mil corintianos. É coisa para caralho. E era contra o Flamengo, a maior torcida do mundo. Ultrajante.
E por que isto aconteceu? Porque, como eu disse no começo do texto, o Maracanã e democrático demais.
A presidenta reservou 2 mil ingressos pra eles. Mas dos 66 mil ingressos vendidos, qualquer criança inocente sabe que uns 10 mil estavam na mão de cambistas, que revendem nos arredores do Maracanã. Ou seja, basta viajar em massa ao Rio de janeiro, ter os contatos certos e pronto. Você esta dentro.
Mas a recíproca não será verdadeira. O presidente Andres Sanches já prometeu retaliação ao Flamengo, fazendo com que sejam reservados apenas 700 ingressos à nossa torcida, no setor de visitantes. Eu disse SETECENTOS INGRESSOS.
Sinceramente, 700 cabeças é coisa de Sampaio Correia. Em plena época de “falácia do empate técnico”, vamos mesmo permitir que o Brasil todo veja um bolinho de torcedores do Flamengo, quando a torcida deles no Maracanã estava enorme?
Pois bem. Minha sugestão é que arquitetemos uma invasão. Mas não uma invasão inócua, uma invasão retórica. Sugiro que façamos um movimento orquestrado como peças de xadrez.
Primeiro, descubramos quais os ingressos do setor imediatamente vizinho ao setor de visitantes (para que a massa fique uniforme). Depois, reunamos os integrantes dispostos a entrar nas filas SE FINGINDO DE CORINTIANOS, SE NECESSÁRIO. Neste sentido, a Fla Sampa assumiria papel fundamental no processo de logística e de quartel-general. Não sei quantos ingressos cada torcedor terá direito de comprar, mas se cada pessoa puder comprar 5 ingressos, 200 flamenguistas comprarão 1000 ingressos. Mais os 700 a que nossa torcida terá direito, e já melhoraríamos bastante nossa presença no estádio.
Acima disso, o céu é o limite. E O CEU É O LIMITE PARA A NAÇÃO RUBRO NEGRA.
Já o último passo seria comunicar a polícia que nossa torcida realizou tal feito, de modo a solicitar um cordão de isolamento, uma vez que teríamos invadido setores corintianos.
Quem se predispusesse a ir para a fila poderia inclusive comprar ingressos para flamenguistas de outros estádos, de modo que se pudesse organizar caravanas sem a preocupação de não haver ingressos. Eu, Vinicius, me predisponho agora mesmo a dormir na fila, se necessário for. Moro em São Paulo e dou tudo por eliminar o Corinthians em pleno ano do centenário. Dou tudo pelo bicampeonato.
Entraremos para a história.
Pensem bem. Até quando vamos assistir passivamente aos corintianos invandindo o Maracanã sem retaliação? ISSO AQUI É FLAMENGO, PORRA!! Segundo pesquisas temos quase 3% da torcida da cidade de São Paulo. O Santos, por exemplo, tem 6%. São cerca de meio milhão de flamenguistas na região metropolitana de São Paulo. Não conseguiremos 200 (ou 300, ou 500, quanto mais, melhor) rubro negros para organizarmos este movimento? TEMOS OU NÃO TEMOS A MAIOR TORCIDA DO MUNDO?
É isto. Na base da desfaçatez mesmo. Falemos “é nóis mano” e gritemos “Timão” na fila. Tudo em prol do xeque-mate. Tudo na estratégia, para não sermos desmascarados. Posso imaginar (é sonho, eu sei) 3 mil flamenguiistas no estádio, e os caras embasbacados com o barulho e a presença inesperada na Nação, pois achavam que haveria lá apenas 1/5 disto.
Agradeço pela paciência ao e-mail insuportavelmente longo, e desde já fico no aguardo da reação ao mesmo. Caso concordem, basta replicarmos para todos os sites rubro negros (como fazemos em tantas campanhas), e contactarmos a FlaSampa (posso fazê-lo), entidade-chave para o sucesso na empreitada.
SAUDAÇÕES RUBRO NEGRAS!!!
Vamos eliminar esses caras!!!!!!!!!!!!!
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: