Deixe um comentário

SÁBADO À TARDE

O que há em comum entre uma investigação sobre o desaparecimento de uma jovem mãe, o suicídio de um fotógrafo famoso, ocorrido há tempos e a ciência prestando seu tributo ao esporte……? Excessos, em nome da emoção, sob todas as suas formas, das mais nobres às mais primitivas e detestáveis.
Começa com uma corrente de mensagens e comentários que se propaga em plena tarde/noite de um sábado. Rapidamente temos um jovem ídolo condenado antecipadamente, por várias pessoas que não sabem o que ocorreu, mas já concluíram que ele vai ter que pagar, ainda mais que já tinha cometido algumas indisciplinas, tomado alguns gols perfeitamente defensáveis e agido de forma antipática com a torcida. Veredicto? Retire-se a braçadeira de capitão, rescinda-se o contrato, perdendo o investimento e, secundariamente, investigue-se o caso e, de preferência, condene-se e prenda-se o antipático.
Enquanto isso, Marcelo Gleiser, professor de física teórica nos Estados Unidos e colunista na Folha de S.Paulo, escreve que os gregos entenderam que o esporte unia nações e que, nas Olimpíadas, as guerras entre as cidades-estado eram suspensas. Conclui que “esportes são guerras controladas” e que “um mundo sem esportes seria bem mais caótico”. Afinal, diz Marcelo Gleiser “ vendo os jogos ( da Copa ) e, mais importante, a torcida, como não pensar em guerras tribais? Especialmente com as caras pintadas, os uniformes, as bandeiras, a testosterona elevada, as brigas entre torcedores e entre jogadores……” . E continua:” … o mesmo ocorre em jogos contra times locais. Não é só país contra país. É num Fla-Flu, Corinthians e São Paulo, Barcelona e Real Madrid, Everton e Manchester United….”.
No mesmo jornal leio matéria sobre o sul-africano Greg Marinovitch, um dos sobreviventes de um grupo de 4 ou 5 jovens fotógrafos daquele país, conhecido como “Clube do bangue-bangue”, que ganharam prêmios internacionais com suas imagens sobre dramas africanos, sendo a mais famosa delas a de Kevin Carter, também membro do “Clube”, que retrata uma criança no Sudão, esquelética, de cócoras e com a cabeça apoiada no chão, enquanto um abutre a espreita ao fundo, aguardando apenas que esteja fraca demais para se defender de um ataque. Carter se suicidou três meses após ganhar o prêmio Pulitzer exatamente por essa imagem. Greg Marinovitch diz na matéria que “essa foto foi decisiva, na crise que levou Kevin ao suicídio”. No final da matéria, o colunista José Geraldo Couto relata: “Marinovitch me leva até o portão e, antes de se despedir, me pergunta se é verdade que 200 mil pessoas assistiram no Maracanã à final da Copa do Mundo de 1950. Respondo que sim e ele, maravilhado confessa: “Eu adoraria ver um jogo num estádio brasileiro. De preferência um Flamengo X Santos. Quem sabe, quando as crianças crescerem, nos mudemos para o Brasil ou para a Colômbia. Na América do Sul, assim como na África, tudo ainda está para acontecer””.
Nem tudo. Pré-julgamentos, por exemplo, acontecem e aconteceram desde sempre, em cada canto do mundo, inclusive por aqui.
( Texto originalmente preparado em 27/06/2010 ).

******************************************************
Sobre a Copa, dois pequenos comentários:
1) Lamento que meu pai, que exatamente hoje completa 89 anos de idade, tenha sido presenteado com uma decepção dessas, provavelmente sua última oportunidade de se alegrar com um título mundial brasileiro. Pelo menos teve a alegria de ver o hexa do Flamengo.
2) Registro meu espanto com a quantidade de colunistas que considera Juan um dos principais culpados pela derrota. O próprio Juca Kfouri, que costuma ser equilibrado, conseguiu dar nota 5 a Juan e Lúcio e 6 a Luís Fabiano. Outros levantam a estranha teoria de que a culpa do 2o. gol foi pelo fato do Juan ter cedido escanteio num lance em que teria chance de mandar a bola pela lateral. Para mim, bizarro.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: