Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão


(Chegando em casa só agora… O cinema e o boliche hoje estavam uma loucura. Sem falar do tempo precioso que se perde no trânsito. Mas vamos à Calúnia.)

Atualmente, não odeio mais os nossos cooirmãos. Já os odiei, mas isso foi há uns bons 10 anos, quando nos podiam oferecer algum perigo. O termo correto para o que sinto em relação a eles seria “indiferença”. Passaram da repugnância à irrelevância, estejam na segundona, terceirona ou com a taça da Série A na sala de troféus.

Como prova da minha sinceridade, no fim do ano passado mesmo mandei um vascaíno desta para melhor, onde ele nunca mais terá de amargar qualquer vice-campeonato. Sem falar que não soube da humilhação sofrida perante o Resende nem foi obrigado a ver o olé do Nova Iguaçu.

Se tirar um vascaíno deste mundo cruento não foi um bem para ele, que ao menos o bem feito para a humanidade me redima!

Só que um pária como eu, tolerado apenas na Flamengonet, e mesmo assim somente por alguns abnegados, chamar um clube de irrelevante, é uma coisa. Agora, um jogador profissional, ainda por cima estrangeiro, e mais por cima ainda com nome em inglês (mesmo que só o prenome) fazer igual é outra coisa completamente diferente.

Mas pra não deixar esta Calúnia descambar pro drama apelativo que concede parca audiência a certos programas vespertinos repletos de testemunhais tão falsos quanto repulsivos, vamos analisar a tragédia vascaína pelo lado positivo: como joga esse lateral Bruno Cortês do Nova Iguaçu! Apesar do nome tão reconfortante, demonstra ser de uma indelicadeza indesculpável com os adversários, a saber, o Gigante da Colina. Como este gajo de apenas 23 anos, e ex-jogador do Quissamã da Série B carioca, fez num único jogo o que Michel Bastos não fez numa Copa inteira, não sei dizer. Talvez o garoto que tem medo de dentista seja um futuro craque. Ou talvez a comparação com Michel Bastos não tenha sido boa.

Mas aos amigos cruzmalteses peço que não desanimem, porque o Vasco, mesmo apequenado por contínuas gestões equivocadas, continua sendo um gigante. Se a cidade de Reno, no estado americano de Nevada, é conhecida como “A maior cidade pequena do mundo”, o Vasco ainda segue imenso, passando a ser “O maior time pequeno do mundo.”

Divulguem.

Duplex Toc Zen

1 – Silêncio na favela: A torcida do Flamengo assiste, boquiaberta, ao vice-arquirrival rolar morro abaixo. Mas agora só a defesa civil não vai dar jeito. Pra resgatar, vão precisar também de um meio-campo e um ataque.

2 – “Machão da Gama?”: Machão é motoboy, que roda pela cidade com 15 litros de combustível inflamável entre as pernas.

3 – Frase da semana: “Mas ficar do lado do SP é a mesma coisa que ficar sozinho, pq na hora ‘H’, eles ‘dão pra trás’, vide 87.” – Lu Mattos. Eu não teria dito melhor.

4 – Piada pronta da semana: Ouvida num programa escrotivo: “O ataque do São Paulo se ressente de um homem de referência.”

5 – As voltas que o mundo dá: No semestre passado, a gente queria o Deivid mais recuado. Neste semestre, mais avançado. No próximo, mais avançado ainda, lá longe da Gávea.

6 – Injustiças: Odeio. Tudo bem, só algumas. Uma delas, gritante, é que o Deivid está sendo prejudicado por atuar como centroavante, nitidamente fora de sua posição original, que é a de homem no primeiro pau nas cobranças de escanteios pela equipe adversária.

7 – TNT: Espero que o Thiago, além de Neves, ainda faça chover. (A frase mais infame aqui escrita até hoje.)

8 – Juan 1 x 0 Egídio: Não sei se vocês perceberam, mas o gol da vitória da Ponte Preta sobre o SPFW foi justamente pelo lado dele, exatamente em cima dele. Quanto ao Egídio, não se preocupem: se o time do Flamengo encaixar do jeito que acho que vai encaixar, o garoto disputará a Copa de 2014. E pela seleção brasileira.

9 – Galhardo: De reserva de luxo no Flamengo a reserva de lixo na seleção.

18 – Diego Maurício: Ser discriminado pela torcida peruana não deve doer tanto quanto ser discriminado pelo próprio treinador.

11 – Neys extremos: A seleção sub-20 conseguiu reunir um grupo altamente heterogêneo, que vai de Ney Franco a Neymar. Se há perebas, há também gente boa, como um senhor zagueiraço chamado Juan, que além de jogar muito bem, ainda leva o companheiro de zaga nas costas. Aliás, o que seria “Uvini”? “UltraVagaroso Indolente Não Identificado”?

12 – Mais seleção sub-20: Entre os garotos convocados, até que há alguns que ainda têm jeito. Só precisam pegar mais corpo, experiência, perder o medo de divididas, aprender a cumprir funções táticas, e, se possível, RECEBER O DOM DE JOGAR FUTEBOL! Onde, eu não sei. Mas também querem tudo mastigado, né?

13 – E outra: O que a Conmebol fez no jogo Brasil x Bolívia foi caso de polícia. Como é que colocam uma seleção sub-20 pra jogar contra uma seleção subnutrida?

14 – De Muralha a Luiz Phillipe: Eu não sabia que o Luxa curtia numerologia. Achava que o negócio dele fosse mais com cartas. E pensar que o time campeão do mundo em 81 era formado por Velho, Peixe-Frito, Vampiro, Capacete, Galinho, Curinga, Furacão…

15 – Descontruindo Muralha: Mas já que o professor mandou, doravante Luiz Phillipe Muralha. Ou, quem sabe, pra blindar ainda mais o garoto, simplesmente “The Wall”?

16 – Flashion verão: Quem diria, o professor? Sempre tão garboso, acabou se rendendo à elegância definitiva das camisas polo rubro-negras… Agora, terno Armani só pra ir à feira.

17 – Depois dizem que boleiro é que é burro: Ópraisso! Acolocam cariocas e baianos pra jogar futebol às 10 da matina num feriado, na quentura de um sol desumano. Depois reclamam que o jogo foi malemolento, estudado, arrastado, ronceiro, uma baba… Colé! A garotada, oreba que ela só, louca por um falapau, de ficar só na prega, acabou foi de calundu. Esparro da porra. Inda bem que ganhou o mais bom.

18 – Gulosos: A prova cabal de que os nossos valentes juniores gostam de papar todos os títulos que disputam é o fato de não terem perdoado nem uma taça chamada… “São Paulo”.

19 – Rivaldo, 39: Uma coisa é ex-jogador em atividade. Outra coisa é ex-jogador vintage.

20 – Netvasco: Tudo bem que a Netvasco seja a nova coqueluche dos comentaristas aqui da Flamengonet. Mas por favor, não acessem todos na mesma hora pra não derrubar o site. Aquilo ali cai à toa.

E nada mais faço.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: