Deixe um comentário

Uma viagem no tempo

Fui convidado pelo amigo @badsnows para passar o fim de semana passado na cidade de Lages, sob a promessa de vinhos, cerveja, futebol e churrasco.
Devo dizer que a hospitalidade do amigo e sua esposa foram excepcionais. Um granito assado na lenha, uma picanha fatiada à moda da churrasqueira do sítio, e lá se foi o regime dos últimos tempos. Mas…havia algo especial na viagem. Digo, mais especial do que o especial.
Fui convidado pelo presidente da Fla-Lages, o Renato Ramos, para conhecer a sede da torcida e, of course, comer um galeto assado acompanhado de cerveja. Em lá chegando, dei de cara com tudo que um rubro-negro de estirpe sonharia em ter – por favor, Renato, não senti inveja..hehehe. Mas, voltando, me deparei com coleções de jornais, revistas, camisas, canecas, faixas, bonecos e outros itens de coleção. Tomei cerveja no mesmo banco onde se reuniram Djalminha, JB, Fabinho e outras peças do showbol. Estive numa casa rubro-negra. Daquelas que nem Spielberg conseguiria montar num cenário de ficção.

Me senti em casa, claro. Não somente por ser uma casa de Flamengo. Mas pela atenção dispensada pelo Renato, quase um Forrest Gump Rubro-Negro de tantas histórias, e por seu filho Fernando.
O que me emocionou mesmo foram 2 acontecimentos. Quando cheguei perto da coleção de livros, vi lá o Ser Flamengo. O Renato simplesmente tirou o livro do armário e pediu pra eu fazer uma dedicatória (nota do escriba para os que ainda não leram o livro: há 2 textos meus lá). Isso me deixou lisonjeado, claro. Todo mundo tem lá sua vaidade.

Após assinar a dedicatória, o @badsnows me chamou num canto e disse: “Alex, o Renato tem uma coisa pra você“. O Renato, então, fez aquela pose de presidente e disse: “Pelo que o Mau me disse, faz 25 anos que você mora em Curitiba e não somente defende o Flamengo como aguenta toda a aporrinhação dos contras. Por isso, gostaria de te nomear Sócio Honorário da Fla-Lages, pelos serviços prestados ao Flamengo e por sempre se manter forte no amor ao clube“.


Cazzo, andei 400 km, comi e bebi do melhor, e ainda levo uma dessas. Honestamente, há pouca coisa no mundo que vá superar essa noite.

Obrigado, Renato e Mau, pela noite de sexta-feira. Inesquecível para este coração rubro-negro.

E nada mais digo.
Alex do triplex no twitter: @alextriplex
Maurício Neves no twitter: @badsnows
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: