Deixe um comentário

FLAMENGÔMETRO nº 37

O ARCO-ÍRIS ENCARNADO EM 2011

Eis que os exércitos do General Luxemburgo atravessaram o “Rubicão” e agora estão prestes a enfrentar o surpreendente Boavista, que despachou o todo-rico Fluminense/Unimed, e que encarnará em suas cores todo o recalque da patota arcoirizenta, que não anda em seus melhores dias. Além de se virem subitamente obrigados a se submeter a uma retrolavagem forçada para expelir um incômodo asterisco, vem sofrendo com vexames e dificuldades em seus próprios jogos. O Botafogo, nosso último adversário, ameaçou um chororô miudinho com um bizarro “pênalti” cometido por um jogador caído de costas, a levar uma bolada no cotovelo, mas agora tem que se concentrar no River Plate…de Sergipe. Luxemburgo vem melhorando o time, aos solavancos, com melhorias e esporádicos retrocessos. Tenho as mesmas críticas que outros fizeram, de que não adianta inventar muitas improvisações e de que o time sofre com a ligação defesa-ataque, com um meio de campo muito disperso e emperrado. Mesmo contra o Botafogo, o Flamengo padeceu de sua costumeira “preguiça” que o impede de ampliar placares favoráveis e liquidar jogos com mais facilidade. A pasmaceira só foi interrompida com a entrada fulminante do garoto Negueba, que deu mostras de que merece ser muito bem trabalhado e orientado, porque talento não lhe falta.
O Flamengômetro estabilizou-se na faixa dos 91%, e todo cuidado é pouco para o próximo jogo. Precisamos corrigir os erros da defesa, e evitar a qualquer custo que aquelas bobeadas se repitam, com as que no domingo cederam três finalizações seguidas para o Loco Abreu. Eu iria de Felipe, Leo Moura, Deivid, Angelim e Egidio; Willians, Maldonado, Negueba e Thiago Neves; Ronaldinho e Diego Mauricio, com a opção de pôr o Renato no meio, e avançando o Negueba para junto do Ronaldinho. Mas que escala é o vovô Luxemburgo e, depois de passar pelo Joel “in de mídium” Santana, temos que estar totalmente alertas contra os pupilos de Alfredo Sampaio, que na tarde de domingo encarnarão as esperanças do arco-íris dengoso, cricri e penaltifóbico.
Um título a mais nunca cansa…. mesmo na semana em que “ganhamos” um título que sempre foi nosso.

ps: fica aqui minha homenagem a Zé Carlos, Jorginho, Leandro, Edinho e Leonardo; Andrade, Aírton e Zico; Renato Gaúcho, Bebeto e Zinho; Zé Carlos Goiano, Aldair, Guto, Leandro Silva, Flávio, Gerson, Nunes, Kita, Henágio, Alcindo, Márcio e Wandick.

Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: