Deixe um comentário

FLAMENGÔMETRO nº 38

QUANDO O ARCO-ÍRIS MORREU EM SAQUAREMA

O Futebol e a Lógica são como dois corpos celestes que possuem trajetórias independentes, geralmente distantes. Mas às vezes, em alguns breves momentos, seus caminhos se tocam., como numa conjunção astral metafórica E assim foi naquela tarde tórrida de domingo. O Flamengo dominava amplamente, num jogo de ataque contra defesa (o primeiro escanteio a favor do Boavista só foi acontecer aos 40min do 2º tempo), mas nossos jogadores insistiam em errar o último passe, o último toque, o último chute. E o empate ia se arrastando, se arrastando, deixando a gente com aquela pontinha de preocupação. O gol não vinha…vai que o time de Saquarema acerta uma e acaba ganhando? Ou segura o 0x0 para levar aos pênaltis?

Mas então, no finzinho, os caminhos do Futebol e da Lógica resolveram se cruzar…

Falta na entrada área + gênio = lance genial + gol

E assim chegamos à nossa 19ª Taça Guanabara, graças à genialidade do mesmo Ronaldo Gaúcho que não vinha fazendo uma atuação brilhante, mas que mostrou em um único lance porque é uma daqueles caras que fazem diferença, que sabem transformar uma partida com apenas um toque, um lance, uma fração de segundo.

O Flamengômetro encontra-se em seu ponto alto, na espetacular marca de 95%, resultado de uma sequência irrepreensível de 10 vitórias e 1 empates em onze jogos. E o time ainda não está usando todo o seu potencial, não está jogando tudo o que pode. Imagina quando isso acontecer? Sigamos cautelosos porque o ano está apenas começando, e ainda há duas partidas nos separando do título carioca. Luxemburgo ainda não definiu a formação ideal, e não tem sido feliz com a escalação inicial do jogos, embora venha tendo sucesso nas substituições. O importante é que nossa coleção ganhou mais uma taça: vamos comemorar! (e a partir de sábado, pensar na Taça Rio, não podemos esquecer de ganhar essa outra)

Enquanto isso, os irrisórios irisentos, que se amontoaram na surdina para vestir em silêncio as cores verdolengas do Ex-Bacaxá, passaram a semana na posição que mais gostam: sentados, enxugando as lágrimas, intimamente maldizendo o fato de não serem rubro-negros, e atribuindo mais este título a uma conspiração secreta urdida pela Globo, CIA, Priorado de Sião, Senhores da Chama, Templários, Franco-maçons e Reptilianos de Zeta Reticuli. Hexordil neles!

Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: