Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão – Welingtólogo PhD


Eu quis, mas, pensando bem, se não presta pra Internazionale, pro Roma, Cruzeiro, Vasco, São Paulo, Palmeiras e pro próprio Corinthians, não pode prestar pro Mengão.

Posso analisar o “Caso Adriano” com absoluto conhecimento de causa, porque garanto que a minha rotina é infinitamente mais desbragada do que a do jogador mais desvairado, Adrianesco ou não. Mas, apesar dos meus excessos, procuro sempre bater o meu ponto aqui no blog, postar a minha caluniazinha no dia certo, na minha horinha tradicional, etc.

O ambiente tenso entre torcida, dirigentes e treinador do Flamengo prova que Adriano se tornou um atleta, ou melhor, um boleiro capaz de causar problemas a um clube mesmo quando não está jogando nele. Quando o Imperador está livre no mercado, fato cada vez mais comum em anos recentes, os dirigentes do Flamengo começam a analisar: “O que vai causar mais confusão por aqui: contratar ou não contratar esse cara?”

Agora, o cara em questão terá sua última e derradeira chance de jogar profissionalmente num time grande. Ou vai ou racha. Mesmo os corintianos que aprovaram a sua contratação estão pra lá de ressabiados. Pra mim, vai terminar como reserva do veterano e sempre sequinho Liedson.

Fato absolutamente normal, pois Adriano não consegue mais jogar aquele futebol esplendoroso que o consagrou. Nas condições atuais, o que vai fazer é um “feijão com arroz” bem temperadinho, com um ovo frito por cima, farofa, três caipirinhas, quatro brejas, duas doses duplas de um 12 anos, e depois um licorzinho de anis pra rebater. E olhe lá!

Eu acho que o Flamengo tem mais é que se preocupar em prorrogar o contrato do Thiago Neves, que termina no fim do ano. Encaixou no time e, mais importante, no elenco como uma luva! Mas não preciso ficar repetindo aqui as qualidades do rapaz para justificar a minha sugestão.

E outra: apesar de Adriano ser um ídolo rubro-negro, com lugar marcado na história do Clube pela sua importante participação na conquista do hexa, lamento muuuuuuuuuuuuuito, mas muuuuuuuuuuuuuito mais não termos trazido o Montillo, do que termos desprezado o que sobrou daquele Adriano que um dia conhecemos. Montillo, TN7 e R10 seriam imparáveis (pena que aparentemente também impagáveis).

Agora, sem mais prolegômenos (não se envergonhe: também não sei bem o que é, mas acho que já comi uma vez no Porcão), vamos ao Duplex Toc Zen.


Duplex Toc Zen

1 – Globo.com: “Adriano vai jogar no Corinthians. O atacante aceitou o contrato oferecido pelo Timão e disse sim para defender o Alvinegro até o fim de 2012”: Em nome de uma informação mais acurada, esclareço: “até o fim de 2012” dá, mais ou menos, uns 10 jogos.

2 – Ronabo danado: O Feiomêno, nas horas vagas o homem mais carismático do mundo, só levou o Impegador para o Corinthians para que ninguém dissesse que deixou de preencher uma única lacuna sua.


3 – A gente sabe que situação no Oriente Médio tá braba quando…: …o Caio Jr. prefere vir treinar o Botafogo a ter de ficar por lá.

4 – Rogério Cênico: Dos 100 gols, gostaria de saber quantos foram de pênalti e quantos de falta. Tá me cheirando a um 80/20, e isso o Lomba também faz.

5 – Globo.com: “Freio no xodó: Luxa coloca Negueba de novo nos juniores”: “Gracias, profesor Luxemburgo.” – Arévalo Ríos.

6 – Por falar em juniores: O Negueba voltou pra base, mas quem deveria ter voltado é o Welington. Pena que tenha estourado a idade.

7 – Rodrigo Alvim: Gostei por ter tido uma chance. Ficou meses mais encostado do que eu, mas se portou dignamente, fechado com o grupo, sem tumultuar o ambiente. Tinha que ter entrado na zaga só pra ter a chance de demonstrar o porquê de o lendário Mozer ter elogiado tanto a sua passagem por Portugal.

8 – Sincretismo moreno: Já que o Flamengo está virando um terreiro, ou um CT de macumba, melhor seria contratar logo o Pai Joel.

9 – Álcool, amor e paixão: O AAdriano queria tanto vir pro Mengão porque sabia que era o único time cuja torcida ainda seria capaz de motivá-lo a continuar jogando futebol.


51 – Uma dose a mais: O Adriano em forma, focado e com os salários rigorosamente em dia é um dos melhores atacantes do mundo. Só que aos 29 anos, rico, gordo, triste e cada vez mais mal-assessorado, isso não vai rolar.

11 – Suplente de Joel: Em 2008, Caio Jr. substituiu Joel no Flamengo. Agora, em 2011, substituiu Joel no Putfire. Ou seja, nem treinador do tipo titular ele é. Pra ser o reserva oficial do Joel não seria melhor trabalhar logo como seu auxiliar?

12 – Calúnia!: “Será que o RNT está trabalhando?” – bcb. Eis que entro no Echo pra ver o que está rolando, e me deparo com uma acusação pesada e totalmente leviana, sem qualquer embasamento! bcb, só acuse outrem quando tiver provas que corroborem seus argumentos, caso contrário acabará levando um belo dum processo! Se espelhe no Ricardo Ferreira, que procurou ver o lado bom das pessoas ao dizer: “Fiquei sabendo que o Trolhoso está na Chatuba, hoje a turma toda está lá: Adriano, V. Love, e as Mulheres-Salada-de-Fruta…” (Aviso aos difamadores de plantão: a minha participação como calunista do blog não é tecnicamente considerada trabalho uma vez que não é remunerada.)

13 – Diretamente da Coluna do Hermínio Correa: “Os gritos únicos, que amedrontavam os adversários, se transformaram em “mamonas” e “poropopós” e não tarda surgirá mais uma cópia qualquer de um outro modismo que lhe convenha. Pior: Antes responsável por incendiar o time em campo principalmente nos momentos de dificuldade, hoje é uma torcida fria, passiva.” Penso da mesma forma. A única coisa que as musiquetas toscas que hoje cantam nas populares inflamam são as laringes dos torcedores que tem que cantá-las pra puxar o saco de alguns capos das organizadas. Fui educado na base de 90 minutos de “Meeeeeeeeengoooooooo!”, com 15 minutos de descanso pra molhar a garganta. Isso tudo sem falar que o Hermínio ainda descobriu um novo talento, porque esse tal de Nelson Rodrigues escreve que é uma beleza! É isso aí! Tem que botar essa garotada pra postar!

14 – Ingratidão: A UNIMED gasta os tubos pra levar o Conca, Emerson, Deco, Diego Cavalieri, Belletti, Marquinho, Júlio César e Rodriguinho pro FluminenC, e aí vai o Unifred no Giro Esportivo da Tupi de ontem à noite mandar um “O Santos tem o melhor elenco do Brasil”… Ora, faça-me o favor! Como diria o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, “Respeita os doentes!”.

E nada mais faço.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: