Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Antigamente, para se saber do amigo botafoguense se ele gostaria de ter o Zico jogando pelo seu time, bastava perguntar: “Você gostaria que o Zico jogasse no Botafogo?” Ou mesmo “Vai um Zico aí, cachorrão?

Invariavelmente, o Botafoguense colocava uma máscara (ou focinheira) de repulsa no rosto, mas acabava dizendo o “sim” que lhe estava há anos engasgado, com a maior discrição possível.

Hoje em dia, aquele singelo “sim” daria lugar a uma outra pergunta, do tipo: “Que Zico? O Zico pré ou pós-Márcio Nunes? O Zico dos anos 80 ou o Zico atual?”

Esse sofisma, que farta de assunto limitados comerdaristas escrotivos, é uma herança maldita dos craques (e nem tão craques assim) bad boys, que instituíram a prática da automutilação de seus nomes e de suas carreiras.

A polêmica que vivemos na semana passada com relação à contratação do Adriano, deveu-se justamente a essa incerteza. Não estava claro qual Adriano estava sendo desprezado pelo Flamengo: se o artilheiro da Copa América de 2004 ou o baladeiro da reta final do título brasileiro de 2009.

O Corinthians pagou pra ver, até porque mais podre que o Ronabo certamente o Adriano não está nem  jamais estará. Mas voltar a ficar sequinho, só se for fisicamente.

E por falar no Ronabo: muita gente boa por aí torcendo pro Mengão perder a invencibilidade por achar a dita-cuja uma pressão a mais em cima dos jogadores. Invencibilidade é pressão? Então perguntem ao Ronabo se a vida ficou mais fácil depois que ele perdeu a dele.  


Duplex Toc Zen

1 – Previsão do tempo: O elenco rubro-negro se mandou para Atibaia porque é o clima de lá é considerado o segundo melhor do mundo, enquanto o da Gávea estava entre os piores.

2 – E outra: Melhor um retiro de atletas do que um retiro de artistas.

3 – Palmeiras, 38 pontos. São Paulo, 37. Corinthians, 35. Santos, 34: Ué, já começou o Brasileirão?

4 – Haja GPS!: Se quando tinha o endereço completo do clube que defendia (Avenida Borges de Medeiros, 997) o Adriano já tinha dificuldades em chegar na hora para os treinos, imaginem agora que vai treinar na Marginal SEM NÚMERO!

5 – Tá explicado: O Adriano só aceitaria mesmo deixar a Chatuba pra jogar fora do Rio se fosse numa agremiação chamada de “Clube da Marginal”.

6 – “Pô, Negão, rodou, rodou, rodou e não explicou se estava ou não na Chatuba. Consta nos autos que vossa senhoria foi visto com a Mulher-Engov.” – PauloRJ: Paulo, ser visto com a Mulher-Engov tudo bem. O que dá cadeia é sair com a Mulher-12anos.

7 – Lá e cá: Se o Vampeta jogava no Flamengo e vivia em São Paulo, porque o Adriano não pode jogar no Corinthians e viver no Rio?

8 – Michel Lorran: “Huuuummm… Nome meio estranho. Melhor mudar pra Luiz Phillipe.” – Vanderlei Luxemburgo.

9 – Botafogo 1×1 Resende: E o Caio Jr. já começou a empatar o Botafogo.


14 – Eterno estagiário: Caio que nasce Jr. jamais chega a sênior. Profissionalmente falando.

11 – Malandro é malandro, e ralé é ralé: Em entrevista ao Globo Esporte, o Deivid foi malandro e entregou que na Turquia se treina pouco. No Brasil, nada melhor para eliminar a concorrência.

12 – Tanto no pessoal quanto no profissional: Ouvi dizer que no Corinthians, o Adriano passará a ter um personal trainer dentro do clube, e um personal bartender fora.

13 – Operação Love: Muita audácia do Flamengo ir tentar lavar dinheiro logo com os russos.

E nada mais faço.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: