Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

“Se vier o pipico eu peço pinico.” – Martin

Há alguns anos organizaram um teste vocacional no meu colégio. Muito válido, por sinal, pois à época eu era apenas um simples e desprezível adolescente, sem o discernimento que hoje possuo como um simples e desprezível adulto.

Perdido quanto à minha opção profissional, eu não somente não queria ser médico, advogado, engenheiro, arquiteto ou dentista, como também eu não saberia sê-los nem que cursasse a melhor das faculdades.

Então o tiozinho (minto. Naquele tempo ainda não havia essa gíria) que me aplicou o teste, ao perceber que eu não me interessava por carreira alguma, questionou se eu preferia ser um vagabundo. Respondi, perguntando: “Mas o que um vagabundo faz?”

[SOM DE PÁSSAROS GORJEANDO ALEGREMENTE.]

Considero aquele momento como a hora da virada na minha vida, o assim chamado “momento de decisão”. Gostei tanto da resposta do tiozinho que no mesmo instante tomei a decisão inabalável de me tornar um emérito e rematado vagabundo!

Sejemos cinseros: não foi fácil resistir aos apelos emocionados do tiozinho, de que eu poderia ser uma pessoa produtiva e perfeitamente normal. “Se ser normal, pensei, for isso que eu sou, então não sei se quero mais ser.

Hoje, um homem completa e plenamente realizado no meu mister, admito que sinto falta de poder sair de casa sem ser reconhecido, da minha privacidade perdida. Mas, por outro lado, tenho plena consciência de que, assim como um Zico ou um Einstein, alguém tem que não fazer o que não tem que ser feito.

Trago comigo a lição dos meus verdes anos que norteia os meus passos sempre que me animo a sair um pouco de casa (normalmente quando a cerveja acaba): “Quando faltar luz ao mundo, não deixe a humanidade na escuridão: ligue a TV.” (Confesso que até hoje não alcancei completamente o sentido da frase dita pela minha ex-professora de literatura, mas dou um desconto porque ela não sacava muito de eletrônica.)

Hã? O quê? Pra que todo esse preâmbulo paradesportivo? Sei lá! Cês vêm perguntar logo pra mim?


Duplex Toc Zen

1 – “Acho que o Flamengo tem que tentar jogador top de linha para o ataque mesmo!” – Bruno: Pelo visto, o top de linha vai continuar sendo o R10, e o top de gol, o Felipe.

2 – Aírton denunciado pelo STJD: A prova de que somos bons dentro de campo, e péssimos fora.

3 – STJostaD: O Ricci não viu o lance, expulsou o Angelim, admitiu tudo na súmula, e o assunto morreu. Aí o Rodrigo Nunes vê o Airton dar uma braçada no rosto do Souza, toma as providências (ou não) que julgou cabíveis, e o STJD se intromete pra tomar as dores da torcida arco-íris indignada. No Brasil, a justiça desportiva não se faz dentro das quatro linhas, mas sim por linhas tortas.

4 – 12 pontos no saco: Parece que finalmente o Mengão adotou a filosofia do Coronel Nascimento: “Ponto disputado é ponto ganho.”

5 – Felipão: Já foi uma persona relevante, mas não percebeu que a fila andou porque usa a fila preferencial.

6 – Os caras:  O Flamengo é Willians e mais R10.

7 – Dúvida cruel: Quando a torcida do Flamengo grita “Ladrão! Ladrão!”, a gente fica sem saber se está xingando o juiz ou louvando o Willians.

8 – Season finale: Sem o K30, o Flamengo agora precisa de um atacante que seja bonito e barato. Daí que o Tevez, nem pensar!

9 – Caguetando: A culpa pelo dramalhão “Kleber, o Gladiador” é toda da Globo, que criou o conceito de que futebol só pode depois da novela.

30 – Gladiador: Ao se meter com o Kleber, a Pat deveria ter desconfiado de que um dos  lados sairia com com dor de cotovelo.

11 – Muito cuidado, Palmeiras: Com a permanência do Kleber, a dupla de ataque passará a ser Kleber-Leite.

12 – Centroavante urgente: Tô aqui matutando… O interesse do Mengão pelo Kleber não terá sido uma cortina de fumaça pra trazer o Jobson? (“Cortina de fumaça”, sacaram?)

13 – Gol business: O surpreendente não é empresário empurrar um Adriano Michael Jackson ou um Wanderley pros chineses ou árabes. O chocante é conseguir encaixar um Jean ou um Val Baiano aqui no Brasil!

14 – Copa América: Pelo nível do futebol praticado, deveria mudar o nome pra “Copa Ásia” ou “Copa Oceania”.

15 – Ilmos. Srs. Críticos do Mano Menezes: Aqueles que malham a seleção merecem ser punidos com a exibição de um jogo inteirinho da mesma, com direito a prorrogação e disputa de pênaltis!


16 – Twitter Cassetadas da semana:

Já mandei o Wanderley 33 pra tantos lugares que a Arábia acabou saindo barato pra ele.

Pra um jogador ter o apelido de “Gladiador” a gente já imagina como ele trata a bola.

Divulgado o nome do time árabe que contratou o Wanderley: Crescente Vermelha.

Tweet aberto ao Rafinha Bastos: amigo, o que dá cadeia não é a piada. É o fundo de verdade.

“Kleber diz que exame aponta lesão.” Isso tranquilizou a todos que temiam que o exame apontasse caô, ou até mesmo um caso grave de migué.

Um time que tem Pato e Ganso tinha mesmo que empatar com o Paraguai com um gol de bico.

Campanha “Rio, eu amo, eu cuido: pequenos gestos para melhorar a cidade.” Como, por exemplo, não assaltar, sequestrar ou traficar.

Contra o Paraguai, quem levou o time pirata foram os brasileiros.

Ganso, Pato, Cacatua? Eu preferia a seleção quando ela era Canarinho.

Skinheads são tão racistas, mas tão racistas que só usam armas brancas.

Seleção brasileira: de “Pátria de Chuteiras” a “Pátria de Salto Alto”.

Podem duas seleções paraguaias disputar a mesma Copa América?

Quando vai sair o kleber.gladiador.2011.S01E13.season.finale.HDTV.Xvid?

Agora quando alguém fala sobre o Caso Kleber não dá notícia, dá spoiler.

Como o Kleber demorou muito pra resolver a sua situação, ele deixou de ser o “Gladiador”, e passou a ser simplesmente o “Adiador”.

Meu Mengão, aprenda 2 coisas: 1) Quem não sabe brincar não desce pro play; 2) Quem não tem grana não entra em leilão.

“Maradona bate com o carro na Argentina.” Estar sempre na mídia é mesmo um dom.

A beatificação do Adriano já tem data marcada?

Por que toda vez que conhecemos alguém chamado “Pablo” ficamos com vontade de perguntar “Qual é a música?”

Confirmado: cancelada a segunda temporada da série “Kleber, o Gladiador”!

Eu não vou mentir que eu sonhava com o Kleber, porque nem dormindo eu estava mais!

#flamengorumoaohepta. Em breve seremos HÉPTEROS!

E pra não dizer que nada mais faço, reitero: não percam em breve o sensacional confronto de gigantes (categoria até 1,74m) na série “Messi x Neymar” no rubronegroroxo.blogspot.com.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: