Deixe um comentário



FLAMENGÔMETRO nº 67

S.O.S. ANGELIM
Flamengo e Cruzeiro pode não ter sido um jogaço de bola, mas pelo menos serviu para assistir a uma partida convincente e segura dos rubro-negros de Luxemburgo, que quase me convenceu que não é um alienigena disfarçado. Com exceção da entrada sempre desesperadora de Jean, um veneno para taquicardíacos e hipertensos flamengos, o time foi muito bem, entrando com uma formação corajosa e experiente. Apenas um volante de calibre, mas com todos correndo, marcando e pegando. Dá gosto de ver o Luxa resgatando sua capacidade de ajustar times grandes fazendo-os jogar… como times grandes. Nada de retranquismos medrosos de parreiras, espinosas, roths e joéis, nada de montar o time “nas coxas”. Assim fomos a Minas Gerais e voltamos com mais três pontos em cima de um adversário que insistia em nos ganhar sempre nos últimos três anos.
Agora temos pela frente o Coxa Branca, o esquisito time paranaense que foi uma das sensações do primeiro semestre, e que após ser vice do vice, simplesmente sumiu, esvaziou como um balão furado. Mas não existe jogo fácil para o Mengão, nunca, e o time tem que entrar com a firmeza de que a vitória terá que ser mais uma vez conquistada com determinação para prosseguir na ascensão do Flamengômentro, agora retornando ao patamar de 82%. Duas preocupações me afligem: a dificuldade do time em converter domínio de bola em gols; a gente domina, manda no jogo, mas não conseguimos meter 2,3 gols de vantagem para respirar um pouco, sempre termina um sufoco, mesmo quando o domínio é total. Vanderlei, é mais uma decisão que temos pela frente: que São Cláudio Coutinho ilumine seus neurônios!
Segundo ponto de aflição, e mais importante: que o Flamengo vá à FIFA, ao Tribunal de Haia, ao Vaticano, a Meca ou chame a Sala de Justiça: está irritante ver como os juízes perseguem nosso impávido Ronaldo Angelim: basta qualquer falta, sem violência, sem perigo, que já leva um amarelo. Pior: até quando sofre faltas o cara é punido. Quarta passada, num lance em que ele foi na bola e se chocou de leve com Montillo, amarelo! Logo em seguida, o Montillo fez o mesmo tipo entrada, com mais força ainda, e não levou cartão nenhum. Free Angelim!!!
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: