Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Sejemos cinseros: tô magoado, e muito, com os últimos resultados do Flamengo! Nosso time já podia ser o líder absoluto e invicto do certame, e as cabeças dos nossos atletas já podiam estar concentradas apenas nas festinhas privês e outras baladas, e nós já podíamos estar ocupados com outros afazeres, como ganhar o nosso tão suado pão.

Então, tô magoado, sim. Mas como diria qualquer são-paulino, “i will survive!”. (Aliás, certa vez um camarada amigo meu me disse, revoltado: “Avisa lá pra cariocada sacana que quem nasce em São Paulo é paulista, e não são-paulino”, mas essa já é uma outra história.)

E pera aí! Vocês também queriam o quê? Brasileirão invicto? Sete meses, jogando até duas vezes por semana, sem perder? Nem o Barcelona de Messi, meus prezados flamenguistas e arcorienses. Sempre aparece um zé da véstia no caminho do Mengão! Alguém realmente entrou na pilha de “hepta invicto”? Alguém realmente chegou a pensar: “Só quero esse título se for invcito”? Eu, jamais.

Percebam, companheiros de mágoas, que o futebol não é um emprego convencional em que o patrão, o chefão, sempre vence e sempre tem razão. O futebol é um esporte em que ambos os lados, pelo menos teoricamente falando, têm as mesmas chances de vitória. E foi aí que a gente se deu mal: quando a teoria funcionou na prática.

A nossa derrota (que é quando um time perde para o outro, apenas lembrando aos que se esqueceram do que se trata), para o possante Atlético-GO, numa fantástica final de Copa do Mundo (pelo menos pra eles), aconteceu justamente num momento de fragilidade do nosso esquadrão, então carente de R10 e R11, pontos de equilíbrio de qualquer equipe. A maior prova disso: o placar do jogo, que acusou uma partida absolutamente sui generis.

Já na próxima final de Copa do Mundo, esta contra o Chapolim Colorado, melhoramos. Com R10 e R11 de volta, também, até eu! E veio um empate com gosto de um pontinho…

Mas não pretendo me alongar no tema porque não tenho vivido só de R10 e R11. Tenho estado muito é pelas bandas do R7. Mas exatamente na Fazenda. Alguns podem até achar perda de tempo acompanhar um reality show. E realmente é. Ô, se é! Mais ainda pela Record. Porém, como a minha função no mundo parece ser tirar água de pedra, pelo menos consegui extrair uma lição utilíssima dos cotelespectadores do show, sobre como torcer por algo ou por alguém.

É a seguinte: quando um fã de reality shows decide apoiar um participante, este eleito pode até “roubá, matá ou estrupá” lá dentro que sempre haverá para ele uma escusa, motivo válido ou atenuante. Sempre poderá tudo, e os outros, nada. Paciência e simpatia pra ele, indefinidamente, e repulsa eterna aos seus rivais.

Exatamente como deveria ser a nossa torcida pelo Mengão e por seus representantes! Deivid perdeu aquele gol contra o Inter? Foi o vento que desviou a bola! Já havia perdido um ainda mais fácil contra o Santos? Foi a natureza que o atrapalhou!

O que não podemos jamais é jogar contra o patrimônio. Pra isso já existem os dirigentes.


Duplex Toc Zen

1 – Selecinha 1: Se o R10 ainda será “testado” na selemano, o Lucas Leiva, o Ralf e o Fernandinho estão sendo o quê? “Paridos”?

2 – Selecinha 2: Se ficaremos sem o R10, o Corinthians também ficará sem o R5 (Ralf, pros íntimos), que também é de seleção. Pelo menos pelos critérios do Mano e não sei mais de quem.

3 – Selecinha 3: O R10 só foi convocado pra tentar alavancar a audiência dos jogos da Seleção.

4 – “Mano quer Ronaldinho Gaúcho na Seleção Brasileira até a Copa de 2014” – Globo.com: Ou seja, tudo indica que o R10 vai ficar mais que ele.

5 – Elias, Leandro Damião, Hulk, Dedé, Lucas Leiva, Ralf, Fernandinho: Pela primeira vez Ronaldinho vai jogar em time pequeno.

6 – Multitarefa: Tem treinador por aí que consegue cuidar dos interesses de duas equipes ao mesmo tempo.

7 – Quem deve ter adorado o novo patrocinador do Mengão foi o Luxa: Nem tanto pela Procter.

8 – Agora sem gozação 1: Pra mim, o Bottinelli está fazendo a função errada. Pelo poder de marcação, raça e bom passe, daria um belo segundo volante. Ah!, de preferência no Olaria.

9 – Agora sem gozação 2: E o Deivid também está na posição errada, a vertical.

2014 – Didiego Maurício: Se o Deivid que é o Deivid já marcou 8 gols, imaginem se o Drogbinha estivesse a fim de jogo, de Copa de 2014, de Flamengo ou de qualquer coisa na vida?

11 – Bobeira pouca é bobagem: A Globo anda em baixa entre os jogadores do Mengão. Primeiro, eles ignoraram solenemente a comemoração no estilo “João Babacão”. Depois, o Deivid se recusou a vestir a camisa do Inacreditável Futebol Clube. E olha que nesse time ele seria titular absoluto!

12 – Aliás: O Globo Esporte só está assediando o Deivid pra vestir a camisa do Inacreditável Futebol Clube porque o time ficou meio desfalcado após a convocação do Mano Menezes.

13 – Série A x Séries B e C: Eu não temo SPFC, Inter, Cruzeiro nem Santos. Eu medro mesmo é do Avaí, Ceará, Figueirense, do time de society da rua de baixo e afins. E no domingo que vem haverá um Flamengo x Afins.

14 – Jobson, não: Doravante, Lazeson.


15 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao):

Finalmente Mano vai analisar in loco se R10 é melhor que Jadson.

De bobo, o Mano só tem a cara.

Sacanagem o flamenguista nunca ter chance de zoar os adversários por perda de invencibilidade…

“Dentinho (ex-Corinthians) defende gata e ataca invejosos: ‘não têm condições de ter uma mulher dessas.'” É. Principalmente invejosos pobres

O Ney Franco mostrou serviço com a seleção sub-20. Agora falta o Mano mostrar, com a seleção subcelebridades.

“Timão perde para o Figueira e time sai vaiado.” Quequéisso, fiel? O time já tá praticamente salvo da Série B!

O que é pior pro eliminado da Fazenda: perder a chance de faturar 2 milhões ou ter que comparecer ao Legendários e ao Programa do Gugu?

“Patrícia Amorim pede para Deivid descontar gol perdido no Vasco.” – Prefiro que desconte do salário.

“Diretoria define futuro de Jobson nesta segunda e contrato pode ser rescindido.” – Mais um que verá a carreira virar pó.

É, Jobson… Cochilou, o cachimbo cai.

#aprocuradafelicidade termina na Av. Borges de Medeiros, 997 – Rio de Janeiro – RJ

Os Palmeirenses não precisam desconfiar da lealdade do Kleber Gladiador. Todo o mundo sabe que ele é fiel!

Atenção Palmeiras: aproveitem que o João Kleber tá no Brasil, e façam um Teste de Fidelidade com o xará dele!

É, Jobson. A fileira anda…

Se o Kadafi fosse presidente do Senado no Brasil não teria caído assim tão fácil.

Agora só falta o Globo Esporte exigir que aquele que pegar o Kadafi comemore com um “João Sorrisão”.

“Empresário de Jobson diz que jogador já recebeu 14 sondagens.” Só do Morro do Alemão foram umas 8.

#odeiorodeio: prefiro quando vão direto ao assunto.

“Após queda de QG, Kadhafi promete morte ou vitória.” Acho que já vi esse filme, só que o ator era um tal de Saddam Hussein.

“Cuca elogia time e diz que erro do juiz prejudicou.” Eita, juiz azarado!

Mais um dia que se inicia, com tanto a aprender, conquistar, repartir… Bom dia pra quem fica. Vou pra cama.

E nada mais faço.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: