Deixe um comentário

DIREÇÕES

Como Steve Jobs, aquele da Apple, ensinou: stay hungry, stay foolish. É a tal palestra aos graduados de Stanford em 2005, que está no YouTube:
http://twixar.com/b4urkU6BhLg55
Ele queria exortar os jovens formandos a nunca deixarem de ter “fome” de coisas novas, de prazer no trabalho. Stay hungry – permaneçam famintos. Ele queria também que os garotos não perdessem aquele componente de “loucura” ou ingenuidade que leva as pessoas comuns a se destacarem, como, aliás, aconteceu com ele. Stay foolish – permaneçam “loucos”.
Esse é um slogan que cabe como uma luva para aqueles malucos, como eu, que acham que existe remédio para transformar a administração do Flamengo em uma coisa séria, profissional, moderna. Num dia em que aprendemos que a nossa gloriosa presidente resolveu deixar o triste PSDB para se engajar no famigerado PMDB, essa frase é mais atual do que nunca. Não bastava misturar clube e política partidária, era necessário ir se juntar a algumas das mais questionáveis biografias do cenário político brasileiro. Há vários acontecimentos recentes que demonstram quão longe o clube ( e também o comando do futebol brasileiro via CBF ) está dessa seriedade, profissionalismo e modernidade. As discussões sobre a mudança de estatuto que estão sendo publicadas em vários grupos de discussão na internet demonstram a triste e variadíssima fauna que infesta nossos conselhos, presidências de poderes e até quadro de sócios comuns. A briga entre o Veloso e o Tinoco, com a decisão ( ou indecisão ) sobre suas conseqüências, deixam claro que não há porto seguro de destino para a nau rubro-negra. Como diz a citação famosa, “se você não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve”. A notícia de que o calendário FIFA vai continuar se sobrepondo às tabelas das competições mais importantes do país, como o Campeonato Brasileiro em 2012, mostra como estamos longe de alguma coisa séria.
Mas há gente que ainda está faminta de decência e de seriedade. Eu posso ser um dos poucos loucos ou ingênuos que continuam a acreditar que tem conserto. Quem achar que isso não é besteira, ainda dá tempo de se associar e vir ajudar a gente a remar esse barco. Stay hungry, stay foolish.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: