Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Eu até desejaria um feliz 2012 a todos os leitores, mas, sejemos cinseros: eu seria um ludibrioso, porque isso, infelizmente, não depende de mim. O ano de 2012 ser feliz, ou não, é de um relativismo além dos meus dons “embromísticos”.

Em outras palavras, desejar um feliz 2012 aos saciados culés espanhóis chega a ser desprovido de sentido, mas aos famintos flamenguistas do mundo inteiro passa a beirar o incomensurável. Porque um “feliz 2012” digno do nosso apetite é quimérico.

Mas não me enxerguem como um pessimista. Nem todo fracassado o é. Se não acredito que estejamos no limiar de um 1981, também não creio que o novo ano será, digamos assim, um novo 2001. Então, em vez de me perder em vãs conjecturas e presunções, deixem que, pelo mesmo preço, mas sem passar recibo, eu divague sobre algo que vi e vivi: o ainda presente 2011.

Numa análise superficial, o ano que irritantemente teima em não terminar, poderia passar por mágico para o Flamengo, posto que o começamos cantando a linda canção popular “Vice de novo” no Cariocão, e o terminamos da mesma forma, no Brasileirão.

Porém, tirando isso, 2011 não passou de um ano pra lá de convencional, com seus 365 dias de arrastadas 24 horas cada, com o desumano agravante de os feriados de Natal e Confraternização Universal terem sido lamentavelmente desperdiçados em domingos ainda por cima sem futebol.

Isso pra quem trabalha, claro.

Na mais feliz das hipóteses, a primeira metade deste 2011 entrará para a história na seção de épicos, pela contratação de Ronaldinho, e a segunda metade, como gênero erótico, pela mesma razão.

Foi um ano assim-assim mesmo. Ambíguo. Desastroso para alguns, e proveitoso para outros. Desastroso foi para aqueles cujo objetivo era o hepta, e proveitoso, para os que sonhavam com o retorno à Libertadores em 2012. Ou para os que faturaram dinheiro com o Clube. Ou para os que curtem ganhar Cariocões em cima do Vasco. Ou mesmo para os saudosistas que desfrutaram um emocionante revivalismo do, este sim histórico, 1981.

Para mim, que neste momento estou com a palavra (vocês logo a terão de volta no Echo), 2011 não foi desastroso nem proveitoso. 2011, para mim, não passou de um ano airoso. Foi honroso e digno. Nem precisou o mundo ter acabado para nos livrar de alguma tragédia. O Universo não precisou alterar o seu curso enfadonho em nome de um bem maior. E isto demonstra a nossa maturidade: não encher o saco do Universo.

Tudo bem, não estivemos no Japão levando de quatro na frente de todo o mundo, mas também passamos bem longe do temível Z4, que acalenta um tesão inexplicável por nós.

Mas, no geral, está tudo em paz na Nação, sem falar que amanhã ainda vai rolar um Zicão inédito.


Duplex Toc Zen

1 – Jogo das Estrelas: Vão me dizer agora que  R11 tá escalado?

2 – Ôôôô, o Imperador voltôôô…: … A fazer lambança.

3 – Aliás: Pela retumbante repercussão midiática da mais recente lambança adrianística, o autor da mesma já deve ter vazado do Corinthians há muito tempo, e provavelmente está muito bem acertado com outro time. Carioca, é claro.

4 – Os europeus é que estão certos: Lugar de boleiro em fim de ano é dentro de campo, jogando bola. Ócio é pra quem sabe.

5 – Economia de guerra: O time que se aventurar a contratar o Adriano não vai mais precisar analisar a relação custo x benefício, e sim a susto x malefício.

6 – E se for pra projetar o time titular pra 2012, o meu já tá aqui, na ponta da língua: Felipe, LATERAL-DIREITO, ZAGUEIRO, ZAGUEIRO, LATERAL-ESQUERDO; Aírton, VOLANTE, Luiz Antônio, MEIA, Ronaldinho, ATACANTE. Contratações pontuais, pois.

7 – Luxa Facts 1: O Luxa não aprecia apenas as grifes italianas, mas também a culinária: imbroglio, vendetta, capo, schema…

8 – Luxa Facts 2: O Luxa se preocupa tanto com o bem-estar dos boleiros que evita ao máximo colocar o R11 no banco por medo de que este se torne um idoso sedentário.

9 – Luxa Facts 3: O Luxa não acredita mais em numerologia, pois não conseguiu impedir um garoto da base de ganhar espaço entre os profissionais ao mudar o seu nome de Muralha pra Luiz Phillipe.

% – Luxa Facts 4: O Luxa prefere contratar jogadores desconhecidos porque quando time galáctico dá errado, a culpa é sempre do treinador.

11 – Luxa Facts 5: O Luxa não tira o R11 do time só pra provar que se tivesse tido um treinador com a sua filosofia quando era jogador, jamais teria sido reserva do Júnior.

12 – Luxa Facts 6: O Luxa defende que a posição mais ingrata do futebol não é a de goleiro, mas a de reserva do Júnior.

13 – Luxa Facts 7: Realmente, Luxemburgo, com seus parcos 2.586 km², ficou pequeno pra abrigar tanto ego. O sobrenome ideal seria, por exemplo, Estadosunidosdamerica.


14 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao):

Pelo andar da carruagem rubro-negra rumo a 2012, pelo menos vou economizar uma boa grana de pay-per-view.

Olha, carro usado é pra quem tem grana pra gastar. Durango feito eu tem que ter carro zero, que não dê manutenção.

Se Papai Noel for um velhinho de barba branca e que se veste de vermelho, matei ano passado quando tentaram invadir minha casa pela chaminé.

Em 2011 o mundo só não acabou por azar.

Participei de um amigo secreto tão secreto, mas tão secreto, que nem me avisaram onde foi.

Levando em conta que mundo vai acabar em 2012, até que as vendas do Natal estão fracas.

Dica de compras: como o mundo vai acabar em 2012, parcelem tudo em 12x.

Com a idade que eu tenho, se o Papai Noel não vier este ano de novo, É PORQUE NÃO EXISTE MESMO!

“Justiça proíbe pagamento de 14º e 15º salários a dep. estaduais em GO” Pro número de meses q eles trabalham, o próprio 13º salário já é 20º

Se o Papai Noel fosse mesmo um bom velhinho, ele não me daria lenços todos os anos.

“Luxemburgo vê Flamengo ‘engessado’ e lento nas contratações.” Humpf! Até parece que ainda não viu o Mengão jogando…

“Luxemburgo acha Flamengo ‘engessado’ e lento nas contratações.” Vai ver é por causa dos jogadores pretendidos.

A grande valorização que os jogadores do Barcelona tiveram após o título mundial atrapalhou bastante as contratações do Mengão.

Minha geladeira já está abastecida pro Natal: muita fé e esperança em melhores dias.

A única maneira do Natal do Mengão ser gordo é contratando o Adriano.

Ou disparou o alarme da Car Sistem no carro aqui em frente, ou o ladrão que tá fazendo o “serviço” é mais lento que o Renato Abreu!

É duro ter que dar caixinha de Natal pra um zelador que ganha mais do que eu.

Ganhei mais uma caixa de lenços este ano. Ou Papai Noel não existe, ou é pão-duro bragarai!

#MeuNatalEstaSendo o melhor dos últimos 6 meses!

Pra quem via o Adriano com desconfiança, ele provou que continua matador.

Como só falta 1 semana pra terminar o ano, o mais certo é deixar pra acabar o mundo em 2012, pra não causar transtornos a quem vai viajar.

Farei uma lista de boas resoluções para 2012 assim que acabar de cumprir as de 1999.

O Twitter maximizou minha capacidade de não fazer nada.

Pra quem pediu um iPhone 4, ganhar uma caixa de lenços Presidente… Pior que ainda me lembrou da Pat.

Quem diria que eu não ficaria rico em 2011!

E nada mais fiz em 12 meses.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: