Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Sejemos cinseros: uma coisa é você, treinador, “encaixar” um time de futebol.


Outra coisa, é você, treinador, agora em processo de fritura, “encaixar” um time de futebol cujas peças simplesmente não se completam, ou por exercerem funções muito parecidas, ou por exercê-las de maneira pífia, renatesca.

É. Tentar “encaixar” um time de futebol usando peças que não se harmonizam é tarefa difícil pra burro, e até pra inteligente.

Aí, você, treinador corado, acaba desperdiçando, sempre e invariavelmente, os primeiros 45 minutos de todas as partidas para construir nada além de um empate desinteressante (em termos de tabela e de futebol), ou, quase sempre, uma derrota parcial menos interessante ainda.

Então, quando chega o segundo tempo (e quem me conhece sabe que odeio segundos tempos), você retorna do vestiário ainda não totalmente convencido de que a coisa não vai dar certo. E permanece nessa quase fanática convicção até os 20 minutos dessa etapa.

Daí, você, fela duma rapariga de treinador tostadinho, cuja capacidade para exercer o cargo que ocupa (entre tantos outros) já não convence a mais ninguém, nem a você mesmo, coloca em campo três jogadores que, você imagina no seu mundinho indevassável, resolverão, nos 25 minutos que restam, os problemas que você não resolveu durante a última semana, os últimos meses, o último ano.

Sem querer ser injusto, ou totalmente injusto, até me pareceu ter havido uma preparação adequada para o recente jogo contra o Real Potosí, a LaU cover. A maioria dos atletas (vamos chamá-los assim) não me pareceu sentir o peso, ou melhor, a leveza da altitude boliviana. A derrota foi mais fruto do desinteresse de certos jogadores, o despreparo de outros, o esquema (es)tático não de todo ingênuo, porém extremamente covarde, e, vá lá, do frio.

No fim das contas, a altitude acabou sendo o de menos. O time poderia perfeitamente ter dado o mesmo vexame ao nível do mar.

Cenão vejemos: só necessita de quatro volantes quem tem problemas de direção. Quem está perdendo o rumo. Quem tem medo de bater de frente. Porque, no futebol, ao contrário da Mega-Sena, jogar com quatro volantes demonstra medo, um verdadeiro pavor de ganhar, só explicável em gente que já está rica. 

Mas foi, é, e, ao que parece, continuará sendo duro aturar. Se já estava sendo difícil conviver com o fato de que os clubes pequenos do Brasil já não nos respeitam mais, doeu muito descobrir que os do exterior também estão indo pelo mesmo caminho. Porque eu não temo Barcelona nem Real Madrid. Eu tenho pavor é de time pequeno. Mas deixa quieto, esse é um outro assunto. Cada um com as suas manias.

Então, voltando ao prato do dia, você, treinador na chapa, a esta altura dos campeonatos bastante tostado pelo óleo quente e quarentão de frituras anteriores, apesar de ainda ter no elenco limões pra fazer uma limonada, prefere permitir que façam com eles uma caipirinha.

Resultado: agora, para conseguirmos a vaga diante da LaU cover, precisamos de uma vitória simples. Serve até uma complicada, tudo bem, mas que ainda seja vitória.

Se a vaga pra Liberta será nossa, não sei dizer. O que sei dizer é que, mesmo que a vaca vá pro brejo, com certeza o R10 irá pra breja.

(Mas eu acredito! Só não posso dizer em que, pra não tomar um processo.)


Duplex Toc Zen

1 – Pô, Lu%a!: Você ainda não conseguiu entrar nessa vaguinha nem usando 4 volantes?

2 – Se engana quem diz que o Lu%a entrou com 4 volantes contra o Potosí: Foram só 3, porque o Renato é café com leite.

3 – Como insider profundo do Flamengo, cravo seco: Como nenhum titular estava a fim de jogar a 4 mil metros, o Lu%a fez um preço promocional válido somente pro jogo em Potosí.

4 – Cubro qualquer aposta: O Lu%a é um Caio Jr. que deu certo.

5 – Equacionando o problema Ronaldinho: +R10 – 15 minutos = R -5. (Ah, em em adição com números de dois algarismo eu também sou phoda!)

6 – Como insider profundo do Flamengo, cravo seco: Amanhã, contra o Potosí, a gente passa. Nem que seja vexame.

7 – A insistência com o Renato prova que o Lu%a compartilha a mesma filosofia de vida com o Ronabo: “Já que está, deixa.”

8 – E o Love voou do Brasil pra Rússia, da Rússia pro Brasil, se apresentou, dançou, e ainda caiu na gandaia: Pelo visto, ele é bem resistente ao jet lager.

9 – Como insider profundo do Flamengo, cravo seco: Com o acúmulo e criação de novas e loucas dívidas, os atuais mandatários rubro-negros não vão se candidatar para um novo triênio. #AProximaGestaoQueSePhoda

S2 – Caso Adriano volte, a dupla de ataque com Love não será mais chamada de “Império do Amor”, e sim de “Catuaba”: A Bebida do Amor.

11 – E caso a dupla de ataque seja mesmo Love e Deivid: “O Amor é Cego.”

12 – “Ele tem o melhor emprego do mundo.” – Danilo Ribeiro: Não, o Danilo não falava de mim, mas do Leonardo, do PSG. Mesmo assim, continuo afirmando: o melhor emprego do mundo ainda é não ter emprego. 

13 – “O Barcelona, vem mostrando que o mais importante é ter bons jogadores, habilidosos. Chegam a ponto de jogar sem zagueiros, colocando volantes no setor.” – @Unabomber_Fem: Ô, Leila! Não percebes que o visionário Lu%a irá além, chegando a ponto de jogar sem atacantes, colocando volantes no setor?

14 – O Flamengo precisa urgentemente de um bom vice de futebol: Sugiro Vasco da Gama.

15 – Obrigado, Jael: Você jamais deixou de ser ofensivo, inclusive à nossa história.

16 – A pergunta que não quer calar: Por que alguns jogadores só transferem 30% e jogam, enquanto a Dona Ercilia, que transfere 100%, nem no banco fica?

17 – Como insider profundo do Flamengo, cravo seco: Love, González e o novo treinador só vão estrear na fase de grupos da Libertadores.

18 – A hora é esta: Luxexpurgo!


19 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao):

“Cantora Whitney Houston está falida.” Bem-vinda ao meu mundo.

Meu melhor amigo se chama Pedro. Isso quer dizer que eu sou um Pedrófio?

“Bispa da Renascer terá que devolver R$ 785 mil para cofres públicos.” Isso é o que chamo de total desprendimento dos bens materiais.

Não sou rico, mas pelo menos eu… eu… eu… Caraca, agora deprimi.

O chato de o ser humano precisar dormir é que não dá pra ficar coçando o saco o dia todo.

Os estaduais só servem pra uma coisa: iludir as torcidas de que seus times estão fortes para a temporada.

Torcedor do Flamengo também devia receber salário do Clube, porque se desgasta mais do que os jogadores.

Já foi dito que “O futebol é o ópio do povo”. Vou além: é o ópio até de certos boleiros.

“Flamengo aguarda documentos para regularizar Love.” Espera principalmente pelo “Atestado de Trouxa”.

Prefiro A Fazenda ao BBB porque não tem cabimento criarem novas subcelebridades quando já temos tantas pouco aproveitadas.

Se o Real Potosí fosse time grande, eu não estaria tão preocupado.

Fantástico: cada vez me convenço mais de que a TV, pra ser boa, tem que ser ruim.

BBB12: diante do festival de ices, creio que os participantes entrem naquela casa só pra bbber. #InfamiaAmplaTotalEIrrestrita

“Deborah Secco vai com Roger a ensaio técnico e explica corpo magérrimo”: “Gente, é bulimia, oras!”

Pra mim, o R11 é titular absoluto do banco.

Parei com o R10, com o R11, e é melhor parar por aqui pra não me chamarem de “Errefóbico”.

O Scort Recife se negou a negociar Ciro com o Mengão. Como vingança, agora o Flamengo cede Jael ao Scort. Nada como um dia após o outro.

#MulheresRicas: sou limpinho, como pouco e quase não dou trabalho.

#InventeUmaBandaComCrocs: The Crocson Five

#InventeUmaBandaComCrocs: Crocs ‘N Roses

#InventeUmaBandaComCrocs: ZZ Crocs

#InventeUmaBandaComCrocs: Crocs, Stills and Nash.

#InventeUmaBandaComCrocs: ACrocs/DCrocks

E nada mais faço.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: