Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Com a sensacional vitória sobre o São Paulo, o Botafogo começou com o pé direito sua firme caminhada rumo a lugar nenhum. Além disso, tenho uma teoria segundo a qual o Vasco não tem vocação pra primeiro, e…

Não. Para com isso, Negrão! O que estou fazendo? Usando a velha tática do cara que comeu um boi falar do que comeu um javali, seu Rúbio Negrão? Você é melhor do que isso! (Tudo bem, não sou, mas pra efeito de Calúnia, por ora fico sendo.)

Bem, já que justamente agora a minha sempre indiferente consciência resolveu se manifestar, sinto-me obrigado a sejer honesto, como o homem vacinado e analfabetizado que sou. Preciso tocar na ferida, e vou logo avisando que se trata de uma ferida feia e purulenta. Segurem-se em suas cadeiras, porque lá vou eu, com todas as letras: “O time do Flamengo está mal.”

“Descobriu o Brasil, o imbecil!”, dirão os meus leais detratores, sem se dar conta de que o mal de que falo não é aquele saudável mal de fundo de poço, aquele mal que chega a causar um certo alívio pela perspectiva da melhora iminente, o mal confortável que acalenta esperanças. Não, esse time ainda não chegou ao fundo do poço. Desgraçadamente, está longe disso.

O mal que acomete o time do Flamengo não é a enfermidade de paciente em quarto particular, mas doença se alastrando em enjeitado de UTI, a quem nem a enfermeira visita, a quem ela não dá remédio.

Esse remédio, no caso, seria uma administração profissional, voltada para o carro-chefe do Clube, a saber, o futebol profissional masculino heterossexual de primeira divisão, com ênfase numa gestão patrimonial equilibrada e calcada, sobretudo, na revelação, aproveitamento satisfatório, e posterior comercialização de jogadores oriundos da base, apesar de eu não ter entendido patavina do que eu quis dizer.

Ou seja, uma panaceia que garantirá o Nobel de Medicina ao pesquisador que um dia vier a descobri-la.

Perdoem-me, amigos e detratores, por hoje ter deixado a minha lendária leveza na lixeira do meu desktop. Tenho recebido seguidos unfollows de seguidores no Twitter, que, aparentemente, deixaram de aturar o meu humor fraco e metido a rir de si mesmo. Lamento, de verdade, mas no dia em que eu perder a contundência (até contra mim mesmo), passarei a ser um simples Negueba, que parece não chutar a bola, e sim ser chutado por ela.

É isso. Nada a acrescentar. O bicho tá muito feio, e não estou me referindo ao Ronaldinho nem ao Love. O homem que podia botar a bola no chão, e tentar organizar o caos, Joel, está mais perdido que cego em teste de degustação de cerveja em comercial de TV. Mas só pra vocês não dizerem que eu apenas critico, deixo aqui uma sugestão bastante prática: o Joel tem mesmo que colocar a rapaziada numa retranca furiosa, ferrolhão mesmo, porque nessa equipe, jogando como time pequeno, eu ainda acredito!

Duplex Toc Zen

1 – “Acho bom que parte da torcida ainda cultive essa marra sem justificativa tão tradicional do rubro-negrismo. Futebol, no fim das contas, não serve pra nada, só pra nos distrairmos… Não há mal em se iludir e acreditar no time, mesmo que as evidências mostrem o contrário.” – Romero: Tu me consolaste.

2 – Já fomos treinados pelo Tromba: E agora, finamente, pelo restante do elefante.

3 – Querem ver o Joel se suicidar?: Deem-lhe Xavi, Iniesta, CR7 e Eto’o. 

4 – E o zagueiro Arthur Sanches?: Também voltou pros juniores?

5 – Enquanto há clubes “escondendo” juniores dos predadores europeus…: Há outros os “escondendo” da própria torcida.

6 – “Aí que você vê quando o dedo do técnico é importante, o conjunto do LAU é muito bom, taticamente é do caralho, individualmente os caras deixam a desejar, se bobear não vamos ver mais o Vargas fazendo diferença.” – Helio Santoro: Daí deduzimos que investir num bom treinador não serve apenas pra ganhar títulos, mas também pra aumentar o valor venal dos atletas do clube.

7 – “Nunca gostei dele [R10], mesmo no Barcelona.” – Jean: Nem eu, só que, como bom murista, eu tinha medo de dizer.

8 – Nunca se machuca, raramente é expulso, não pega banco…: O custo x benefício do R10 só não é melhor porque ele joga.

9 – Ainda creio numa grande partida do R10: A sua própria, do Flamengo, o mais rápido possível.

171 – Pensávamos que, no Rio de Janeiro, Ronaldinho Gaúcho viraria Ronaldinho Carioca: Só que virou Ronaldinho Baiano.

11 – O Mengão sempre na vanguarda do futebol: Enquanto os rivais, durante as partidas, ainda praticam o manjado rodízio de faltas, o Mengão já está prestes a introduzir o rodízio de carnes.

12 – E daí, Boca 1×0?: O Fluminense não perde. Vira purpurina.

13 – E o Alex Silva, hein?: Tá arrebentando no Cruzeiro.

14 – Finalmente revelado porque o Herrera rechaçou o repórter da Globo, após ter marcado 3 gols num jogo: Ele pensou que queriam que vestisse a camisa do Inacreditável. 


15 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao):

Eu podia estar matando, roubando e estuprando, mas tô aqui tuitando.

O Twitter é, realmente, um dos grandes mistérios do Universo.

Amigos rubro-negros com saco de assistir Vasco x Corinthians, decidam-se, porque secar 2 times na mesma partida pode ser contraproducente.

Alô você que está na rua, às 0h 30min, bem em frente ao meu prédio! Caso me siga no Twitter, vou te dar um toque: VAI TROCAR CAÇAMBA NA PQP!

Por que só 1 heroína nos Vingadores? Por que não a Mulher-Maravilha, a Supergirl? Hã? Porque são da DC? Tá. Machistas sempre têm 1 resposta.

Essa tática que o Joel adotou contra o Sport tava boa de usar contra o Barcelona.

A pessoa que não tem noção, geralmente também não tem sentimentos. Pode receber quantos “passa fora!” forem necessários, na boa, sem mágoa.

De que adianta ser o oitavo homem mais rico do mundo… e usar uma peruca?

“Xuxa revela ter sofrido abuso durante infância.” E, assim, volta para a mídia.

E a Xuxa cantando também não é abuso? Ora, tenham santa paciência!

“Brasileiro trabalhará 150 dias do ano só para pagar impostos.” E 215 só para pagar as contas.

A única possibilidade que vejo do R10 desequilibrar é entrando em campo completamente bêbado.

“Música para quê? Não, eu não peço música, não.” Passei a admirar o Herrera.

Se esses troços da Globo ainda fossem legais, criativos, vá lá. Mas João Babacão, pedir música… Orra, cês são melhores que isso!

Finalmente revelado o nome do “Qualquer Um” pro lugar de Wellinton: Thiago Medeiros.

Ronaldinho anda sorumbático que ele só! Mas não é nada disso do que estão pensando. O Aurélio os espera, ansioso.

#PergunteaoCachoeira: Como alguém chamado Cachoeira vai conseguir provar que é cascata?

O problema de anunciar uma churrascaria na camisa é que os jogadores podem não gostar da concorrência.

E nada mais faço, o que é bem melhor do que fazer e… nada!
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: