1 comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

40 milhões que podiam tirar o Flamengo do buraco.

40 milhões que podiam fazer o Flamengo levantar a cabeça.

40 milhões que podiam ajudar o Flamengo a voltar a ser o que era.

Não, não falo dos 40 milhões que Ronaldinho deseja extrair a fórceps do Mais Querido, mesmo porque eu não conseguiria visualizar uma quantia tão grande nem se eu estive diante da mesma.

Até admito que a estada do R ex-10 no spa Ninho do Urubu foi um golpe perfeito. Ou melhor, teria sido, caso o Flamengo tivesse os tais 40 milhões para desembolsar. Não os têm, como também não os tenho, só que com a atenuante de ser pessoa física e não trabalhar.

Não sou advogado, tampouco “adevogado” para aconselhar juridicamente o Flamengo, mas aqui do meu bastião de laicidade me parece que todo o imbróglio podia ser perfeitamente resolvido com uma simples e baratíssima chamada ao PROCON: o Flamengo contratou o Ronaldinho de 10 anos atrás, e recebeu o de daqui a 10 anos.

Então, meus leais detratores, esqueçam a grana monumental que o Flamengo terá de pagar a um jogador que veio pra ser protagonista, mas acabou fazendo apenas uma pontinha, mais exatamente a esquerda. E essa é a minha vingança: no Flamengo, R ex-10 foi menos até do que um coadjuvante.

(Pausa para enxugar o sanguinuzóios. Obrigado.)

Mas, não. Os 40 milhões de que falo são os 40 milhões (um pouco mais, um pouco menos) da poderosa Magnética.

Cenão vejemos (sou, mas quem não é?): na Copa de 70, o povo brasileiro passou a ser “90 milhões em ação”. Eram “um só coração”, “ligados na mesma emoção”, numa verdadeira “corrente pra frente”. Antes que digam que além de vagabundo sou ufanista, esclareço: se a nação brasileira, mesmo com os líderes que tinha (ou apesar deles), conseguiu se unir em torno de um objetivo maior, porque a nação rubro-negra, ou seja, nós (admitindo que nenhum arcoirense nos esteja lendo), simplesmente não consegue falar na mesma língua a mesma coisa que está falando?

Sejemos cinseros e analfabéticos: houve um tempo em que para apoiar efetivamente o Mengão, bastava torcer. Basicamente, ir ao estádio e cantar. Hoje, apesar de toda a tecnologia do século XXI, isso já não é o bastante. Hoje, para ajudar o Flamengo é preciso ser sócio. Basicamente, ir à Gávea e votar. Hoje, para ajudar o Flamengo é preciso ser rebelde. Basicamente, ir à rede social, ao blog, ao Echo, ao mercado, ao boteco, ao raio que o parta, e protestar.

Obviamente, ninguém precisa me dizer que nem todos têm grana pra se associar ao Clube. É exatamente o meu caso. Não quero nem pensar nisso, mas mesmo se eu começasse a trabalhar hoje, quanto vocês acham que me pagariam? Daí que, se ser sócio do Flamengo requer um pouco mais de bufunfa, protestar, amigos, protestar é na faixa! E também no avatar, na camiseta, no panfleto, na tag e no megafone.

Aí me perguntaram no Twitter: “Mas de que adianta nos mobilizarmos? Dá pra mudar alguma coisa sozinhos?” Dá, porque um pouquinho feito por milhões logo vira um poucão. Por exemplo, 40 milhões pro R ex-10 é muita grana até pro magnífico Mengão, mas se cada torcedor rubro-negro doasse um mísero realzinho para esse fim (nem kgando!), o Flamengo pagaria a “dívida”, numa moleza maior do que a demostrada pelo dito-cujo durante sua permanência na Gávea. Da mesma forma, uma única voz não preenche um Maracanã. Já 80 mil vozes…

Protestar, então, é mais do que preciso. É viável, producente e, se feito com inteligência, até divertido.

Ronaldinho cunhou (ou teria sido o Assis?) a máxima “E o Flamengo é o Flamengo” com uns 20 anos de atraso. O correto teria sido “E o Flamengo era o Flamengo”, porque hoje o Flamengo é um gigante adormecido que vive na Gávea, e passa o dia de pijama e chinelinho, não se sabe se por insônia ou sonolência. É um colosso que precisa ser resgatado da embriaguez das imensuráveis glórias passadas, que apesar de pavimentarem sua estrada para o futuro, ainda assim, permanecem no passado.

(Definitivamente, preciso parar de beber.)

É isso, meus leais detratores. Se a nossa camisa 10 sobreviveu a Walter Minhoca, Adrianinho, Henágio e até a um tal de Caio, certamente também sobreviverá a Ronaldinho. Eu só lamento que não haja mais duas ou três entrevistas do ex-croque, digo, ex-craque no Fantástico, porque o Flamengo iria acabar é ganhando uma baita indenização por danos morais, tchê, barbaridade!


Duplex Toc Zen

1 – Agora é oficial: Ronaldinho não joga mais pelo Flamengo.

2 – Informatizando os negócios: Do jeito que o Ronaldinho vai descendo a ladeira, leilão, Assis, agora só se for no mercadolivre.com.br.

3 – O Cascão ainda é muito verde: Deviam ter contratado a Cascuda.

4 – 40 milhões?: Se o cara não arrumar os dentes agora, não arruma nunca mais!

5 – Justiça do Trabalho, não!: A única chance de o Flamengo ver seu jogador levar ferro é seus advogados conseguirem transferir a jurisdição do caso para o STJD.

6 – Adios, R ex-10: Nem notaremos a sua presença no próximo jogo.

7 – Sabem o quê?: O Flamengo é tão maior que o Ronaldinho, mas tão maior, que sequer aceita se rebaixar, pagando-lhe.

8 – Tem nada não: Se o Ronaldinho foi R10, o Flamengo é F100.

9 – Então, de todos os times do mundo, o Ronaldinho foi parar no Galo: Porque pro Cuca não existe maré de azar. O troço ali é de tsunami pra cima.

4-5-1 – Se você acha que o Flamengo está sem rumo, acalme-se: O Joel já está arrumando uns volantes.

11 – O Joel vai colocar um volante “criativo” no lugar do R ex-10: Isso significa que quando o Love não puder jogar, teremos no seu lugar um volante “matador”?

12 – Nem proprietário nem atleta nem off-Rio. Ainda não criaram a categoria de sócio do Flamengo em que me encaixo: Sócio pata.

13 – Sabem por que Alex Silva, Thiago Neves, Galhardo e David Braz se machucaram feio ao sair do Flamengo?: Porque nos rivais, jogador só deixa de treinar ou jogar por motivo de contusão.

14 – O Galo já tinha uma bibaça: Agora arumou um bebaço.


15 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao):

Pela minha vasta experiência, não será nem Adidas nem Olympikus. Será Kichute. #QueremosONossoFlamengo

Alguém poderia me indicar o “médico” que aplicou botox na boca da Gretchen, que é pra eu FICAR BEM LONGE DELE? #QueremosONossoFlamengo

Se nossos dirigentes são amadores, Assis e R10 também são dois tremendos mamadores.

O Ronaldinho não “saiu” do Flamengo. Ele NUNCA ESTEVE lá!

Enquanto o Flamengo não aposentar a camisa 10, sempre haverá o risco de ser usada por quem não a merece. #QueremosONossoFlamengo

Amanhã os jogadores do Flamengo nem vão dar pela falta do R10, porque às segundas ele era mesmo meio ausente.

Acabam de me mandar TNC numa DM. ISSO É O QUE EU CHAMO DE INDIRETA!

A única vantagem da permanência do Joel é que ele já está focadíssimo no objetivo de não cairmos pra SérieB.

A única coisa boa da contratação do R10 foi a juizada ter voltado a marcar pênaltis a nosso favor só pra não pagarmos 1mi 200 à toa pro cara

Hi, Ashton @aplusk! How are you? Me segue que eu te sigo!

Hey, Tom @tomhanks, how are you? Me segue aí que eu também te sigo!

Hi, Ricky @ricky_martin, how are you? Me segue aí que eu te sigo!

Hi, Charlie @charliesheen! How are you? Me segue que eu te sigo!

Acho que vou bater uma janta. Tendo arroz e macarrão, a gente arruma o resto. (Resto, literalmente.)

“Antes de fisio, Adriano já fala em andar sem bota.” Andar, dançar, pular e até ir até o chão.

Reação do Ronaldinho ao ser avisado por Assis que jogará em Belo Horizonte: “Vou às minas!”

Estão certos os mineiros em querer Ronaldinho: pra acompanhar um pão de queijo, nada melhor que um café com leite.

No Brasil dos anos 70, o lema era “Ame-o ou Deixe-o.” No Flamengo dos anos 10, trocou-se o “Ame-o” por “Mame-o”.

Ronaldinho Gaúcho: NEM O CORINTHIANS QUIS!

“Marin minimiza derrota e elogia equipe de Mano.” Isso é que é dirigente! Merecia uma medalha!

Corinthians x Atlético-MG a partir de agora Small Club x Modesto Equipo.

“R10 no Galo: ‘Só penso em jogar futebol’.” Ô. Vai bater um bolão…

Parabéns, planeta Terra pelo #DiaMundialDoMeioAmbiente. Que um dia o ambiente volte a ser inteiro.

“Fla: exame de Gaúcho mostra álcool no corpo.” E daí? Se o álcool não foi pra cabeça, tá limpo!

“Pelé critica Neymar por ‘vício’ de cair.” Putz! O FluminenC, então…

A gente faz o que pode, contanto que não seja trabalho.
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Um comentário em “Calúnia do Rúbio Negrão

  1. Porquê o flamengo também deu muita mordomia para o ronaldinho gaúcho agora fica botando vídeos do cara com a mulher porquê não fez isto antes em janeiro essa patricia amorim ta acabando com flamengo sou mas na época do márcio braga essa patricia tirou o wanderley luxemburgo porquê??? Por causa do ronaldinho agora fica falando mal do cara esse flamengo de hoje tá um time de merda por.causa da patricia amorim até hoje o flamengo não tem um patrocinador master por culpa dessa diretoria imcopetente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: