Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Sejemos cinseros e analfabéticos: a gente vive cobrando profissionalismo dos jogadores. Taí. O Juan acreditou, e foi extremamente profissional na hora de optar entre Flamengo e Internacional. Buscou o clube mais pacífico, com menos torcida, pressão e drenagem, onde terá mais chances de receber o salário, inclusive em dia. Contará com uma estrutura mais azeitada, sem sofrer assédio da mídia soniabrãonesca.

Bem que o Flamengo tentou repatriar o apátrida Juan, por conta de seu futebol outrora elegante e eficiente. Só que não contava com a astúcia do Colorado, completamente embevecido com o típico nome argentino do atleta: Juan.

Mas, como eu ia escrevendo, o ex-zagueiro optou pelo time portenho, apesar de toda a sua história no Flamengo, seu flamenguismo assumido, sua realizaçao financeira e o carinho da Magnética, mostrando fora de campo a mesma frieza que demonstrava dentro dele, em seus desarmes precisos e aparições letais nas áreas adversárias.

Esclareço aos meus sempre leais detratores que não o culpo. Eu mesmo não sei se aceitaria jogar pelo Flamengo, apesar de no meu caso o problema ser puramente preguiça. Ora, o ex-zagueiro de 33 anos está lá no seu direito, tem os seus motivos, sejam eles quais forem. Caso deseje, aos 42 anos, encerrar a sua carreira no Madureira, jogando na mesma posição em que o Adryan vem mostrando todo o seu potencial, o problema é dele. Que faça da sua vida o que quiser.

Cenão vejemos e erremos: às vezes, o profissionalismo precisa rejeitar a paixão. O exercício pleno da mais antigas das profissões, por exemplo, exige das mulheres de vida fácil um profissionalismo isento de qualquer envolvimento com o mister. Já no futebol, os homens de vida fácil deviam se espelhar no profissionalismo idealizado e realizado pelo inatacável Zico, que fez carreira na Seleção brasileira e buscou a sua independência financeira no exterior, mas sempre teve o Flamengo como segundo lar. Conseguiu conjugar profissionalismo e idealismo, razão e emoção, sem falar que ainda arrumou grandeza de caráter pra perdoar o Márcio Nunes.

Mas isso é raro. Não é fácil ser Zico, dentro ou fora de campo.

No fim das contas, ao escolher outro clube qualquer, o Juan talvez tenha sido muito fiel ao Flamengo, porque sabe o quanto vem jogando e se machucando.

E para o Flamengo, foi bom o Juan ter voltado a jogar no Brasil, porque irá baratear a viagem para lhe fazer outra proposta no ano que vem.


Duplex Toc Zen

1 – Foi ou não foi pênalti contra o Bahia?: Bem, tudo é uma questão de critério do árbitro. Contra o Bahia, o juiz deve ter usado o mesmo que usa quando marca pênaltis a favor do Corinthians.

2 – Eu queria o Juan pra ontem!: Pra hoje, idoso e meio bichado, quero não, obrigado.

3 – De qualquer forma, os falantes Gonzalez e Juan jamais formariam uma dupla entrosada, em razão da diferença de idiomas: É que a língua dos sinais não é universal.

4 – “Futebol é sorte” – Cacau Cotta: É óbvio. Se futebol fosse jogo de azar já teria sido coibido pela Polícia Federal há muito tempo.

5 – “Zinho reformula elenco do Flamengo”: Tomara que a nova fórmula tenha menos álcool etílico e mais água, cloreto de sódio e ureia. Ou seja, suor. 

6 – “Janela de transferências do Brasil fechará dia 20 de julho”: Fecha logo essa janela, antes que o Zinho se jogue!

7 – “Fla rescinde com Rodrigo Alvim, que passa a treinar à parte”: Pior foi o Diego Maurício, que passou a jogar à parte.

8 – Renato x Diego Maurício: Ainda prefiro a lentidão física à de raciocínio.

9 – A diferença entre Adriano e Diego Maurício: O Imperador desistiu do futebol somente depois construir uma carreira vitoriosa.

11/8: Associe-se ao Flamengo: Porque cornetar é bom, mas botar a boca no trombone é melhor.


11 – O Negueba consegue aliar a velocidade do corpo à lerdeza da mente: Tipo um Riquelme às avessas.

12 – O Negueba tem alegria nas pernas?: Pra mim, isso só é pré-requisito pra ser sambista.

13 – Alívio: Eu pensava que o Hernane era um bonde, mas felizmente ele está se revelando um trem da Linha 2 do metrô.

14 – Trocadilho infame da semana: A grana que pediram pelo Diego Morales foi imorales.

15 – “O Coutinho é uma mosca morta. Parece um playboyzão que caiu de para-quedas ali e não tem a menor noção do que deve fazer no cargo.” – Cortez (Blog da Flamengonet): Concordei com tudo, menos com a palavra “Parece”. 

16 – Entendo perfeitamente a resistência de setores do Clube e da torcida ao nome do Riquelme: Ainda acham que é cedo para um novo R10.

17 – Mais Querido do Brasil x Mais Querido da Mídia: O Corinthians só consegue ter a maior torcida do Brasil quando joga contra o Flamengo.

18 – Corinthians em 14º: Aguardem os novos dados do Ibope provando que está em 7º.

19 – Corintiano é uma coisa: “Corintiasno”, outra.

20 – “E o que eu tô fazendo até hoje pagando pelo PFC? Fui cancelar me ofereceram 50% de desconto. Mas nem tá valendo a pena. Vontade nenhuma de ver esse Fla do Joel jogar” – Wesley (Blog da Flamengonet): Já cancelei meu PPV em janeiro passado. Tô vendo os jogos pela internet mesmo. O time é tão lento, mas tão lento que nem percebo o delay.


21 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao):

Quer ganhar dinheiro sem trabalhar, mas também sem correr o risco de ser preso? Entre para a política!

Precisamos de um atacante rápido, e bem rápido.

“Teixeira e Havelange receberam suborno.” Depois ainda tem jornalista querendo me convencer que não tem juiz ladrão apitando por aqui.

“Goleiro Felipe: ‘Ninguém fica feliz sem jogar’.” Verdade. Eu por exemplo, fico louco de não poder entrar em campo e resolver os jogos.

Tudo o que é feito por trás do próximo não passa de falsidade e covardia. #DiaMundialDaLutaContraOSexoAnal

A demora no desfecho do imbróglio Diego deve-se ao fato de a dona do Wolfsburg ser a Volkswagen. Negocia com a Ferrari pra tu ver!

Sugestão de apelido pro filhinho do Vagner Love: Vagner Flerte.

Hoje tenho uma lista enorme de nada pra fazer. Vamos ver se conseguirei realizá-la.

Cacau Cotta: “Futebol é sorte.” O Barcelona que o diga.

Cacau Cotta: “Futebol é sorte.” E Jogo do Bicho, Mega-sena e Loterial Federal são o quê? Competência?

Foi bom o Juan não ter vindo. Caramba! Nem a Seleção brasileira tem convocado mais o cara!

O Kleberson é o primeiro inútil útil da história da humanidade.

“Roubar” não é inventar regras, mas sim aplicá-las para um time, e não para o outro.

João Gilberto: “♪Fundamental é mesmo o amor ♫ É impossível ser feliz sozinho… ♪” Ah, é? E os hermafroditas?

Véspera de jogo com o Corinthians é a mesma história: a CBF ajuda o Fla, a mídia adora o Fla, os juízes ajudam o Fla, até o Sport ama o Fla!

Árbitro definido para Flamengo x Corinthians: Sandro Meira Rinccians.

Juan, respeito a sua opção de jogar no Inter. Agora só te peço uma coisa: vê se não aparece no Mengão com 37 anos pra encerrar a carreira.

O termo politicamente correto para “mercenário” passou a ser “profissional”.

“Comissão aprova Orçamento com mínimo de R$ 667,75.” Beleza! Já vou conseguir pagar metade do meu condomínio!

E nada mais… (Preguiça dukarai.)
Anúncios

Sobre flamengonet

jornalista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: