17 Comentários

Alfarrábios do Melo

 

E se encerra mais uma temporada. Como frisaria o saudoso Nélson Rodrigues, dirão os idiotas da objetividade que ainda faltam três jogos, que podemos classificar pra Sul-Americana, ficar na frente do Vasco, e blá e blá e blá. Mas na prática 2012 já se encerrou, após esses dois joguinhos em que o time, não sem a ajuda de alguns apitos e bandeiradas camaradas, somou os derradeiros pontos que fecharam a tal continha que o manteve na divisão de elite. Somos incaíveis, logo bradaram, alguns até comemorando.

Eu costumava ver o Flamengo dando volta olímpica.

Talvez tenhamos tido sorte dessa vez, como tivemos em 2010. Curioso, a gestão da PATRÍCIA (é, dela mesma) desmontou o time do hexa, gastou o que tinha e o que não tinha, arrumou até um bom time, os resultados vieram, mas o efeito prático foi apenas ver a equipe novamente desmanchada em prazo recorde. Do projeto a longo prazo, só restaram as dívidas. Aliás, dois times desmontados, duas ameaças de rebaixamento. Olha que coincidência.

Bem, já andaram dizendo que “futebol é sorte”. Aliás, como o Fluminense anda sortudo…

Sim, já deu pra perceber que esse é mais um texto que irá desfiar críticas à desastrosa gestão que literalmente (sim, literalmente) ASSOLA a Gávea. A Patrícia e seus áulicos (aliás, como lambem as ações essa moça, aff…) gostam de se queixar de perseguição, de críticas pesadas, de preconceito, da ingratidão, da alta do dólar, repetem o mantra que ela montou um parquinho, pintou umas paredes aqui e ali, trocou azulejo, construiu um CT (epa!), levantou um museu (peraí!!!), trouxe o Cielo (débito ou crédito?), uma gestão “completa, inovadora, audaz”, que até impressionou algumas mentes mais receptivas. Dizem que ela é perseguida por ser mãe, mulher, independente etc etc.

Mas ela é criticada especialmente por ser uma dirigente ausente e incompetente. Simples assim.

Sintomático é o caso do Zico. Sim, o caso do Zico, de novo. O Zico é desses caras que estão toda hora em evidência, porque é uma referência mundial, um sujeito com história, com nome, com biografia, até hoje um espelho para crianças e adultos. Mas o Flamengo DA PATRÍCIA o escorraçou, o processou, tentou transformá-lo num picareta. O Flamengo DA PATRÍCIA quer esquecer 1981, vive dizendo para “olhar pra frente”, mas cansa de olhar pra trás para justificar suas dívidas e calotes.

Talvez culpem o Borges de Medeiros por não ter pago a folha desse mês e não ter terminado o CT.

(um parêntese nessa questão do CT. Será que a interrupção nas obras tem a ver com a postura, digamos, não-tão-alinhada do Wrobel?)

Tudo é estranho, tudo é nebuloso, tudo é mal explicado. Trazem o Ronaldinho prometendo-lhe o céu na terra, o rapaz até corresponde no início, ganha título, ajuda a colocar o time na briga pelo Brasileiro. De repente o menino começa a andar em campo e a cair na noite. Pipocam notícias de atrasos salariais na época (talvez seja coincidência o time ter caído de produção). Vira o ano, e mesmo com os salários atrasados, a diretoria resolve INACREDITAVELMENTE assumir TODO o salário europeu do astro, mesmo já dando nítidos sinais de incapacidade para honrá-lo. Aí o contrato é rescindido e aparece uma ação na Justiça, que caminha para um acordo.

Não tenho nenhuma conclusão a tirar disso. É que eu sou meio ingênuo para essas coisas.

Eu costumava ver os melhores jogadores querendo jogar no Flamengo. Vi o Sócrates, o Gamarra, o Edílson, o Fillol etc PREFERINDO o Flamengo, vi o Reinaldo (é, o Reinaldo do Atlético) forçando a barra para sair de Minas e vir pro Flamengo lá nos meados dos anos 80 (e quase conseguindo). Hoje eu olho figurantes de segunda divisão e ex-jogadores em atividade fazendo beicinho e esnobando a perfeita caricatura, a completa bagunça que o clube se tornou.

Aí a moça chega pra um dos seus amiguinhos jornalistas e se dá nota 8. Em cem?

Rabisco mais alguma coisa para terminar esse texto, vou concatenando as ideias, há muito mais o que comentar. Aí chega-me às vistas uma manchete sintomática, perfeita, que dá a mais completa e acabada dimensão do estado de mediocrização em que essa gente afundou o Flamengo. Uma manchete cabal, mais emblemática que todo um texto. Então, concluo. Não precisa escrever mais nada.

“Agora o objetivo do Flamengo é chegar à frente do Vasco.”

Boa semana a todos.

Anúncios

17 comentários em “Alfarrábios do Melo

  1. Melo, Concordo plenamente. Mas, boa semana depois desse desabafo é difícil. Amigo, você poderia desenvolver essa história do Reinaldo forçar sua saída para o Fla? Para mim isso é novo, gostaria de saber mais. Saudações rubronegras a todos!

  2. Bom dia a todos e a vc meu caro Melo. Parabens ao C.R.Flamengo.uma das minhas maiores paixoes desde os meus 5 anos de idade…

    Entao Melo é verdade tudo o que vc contou ai na sua coluna. Queremos os quase 40 milhoes de torcedores ve-la fora da Gavea pra sempre. Mas o que fizemos de concreto para tira-la daquele lugar. Nada ou quase nada pois quem poe.ela la sao os socios e nos os quase 40 milhoes de torcedores flamenguistas nao somos socios. Entao temos que encarar a realidade e é isso queiramos ou nao que estamos tendo que fazer nos ultimos 20 anos. Tivemos tempo mais do que suficiente para mudarmos tudo isso ai bastando virarmos socios do Clube e ter voz ativa nos destinos do Flamengo. Infelizmente como eu falo aqui ja uns 8 anos nos passamos procuracao em branco para aqueles minguados 3 mil socios (alguns ate nao sao nem torcedores do Flamengo) definirem de tres em tres anos o destino de uma das nossas maiores paixoes…

  3. Zamorano, o Flamengo “namorou” o Reinaldo várias vezes, desde que o Nunes começou a não corresponder mais.
    Em 1983 a história quase vira “casamento”, e o Reinaldo deu entrevistas falando com entusiasmo da sua ida pro Rio, realmente querendo vir. Mas a diretoria do Atlético, temerosa com a repercussão negativa, impôs várias condições que acabaram inviabilizando o negócio (queriam o Adílio mais outros jogadores).
    Foi na época que o Flamengo trouxe uma penca de jogadores com o dinheiro da venda do Zico (Cleo, Lúcio, Heitor, Fillol pro fim do ano etc). Sem o Reinaldo, acabaram chegando o Edmar e o Cláudio Adão.

  4. Fla viabiliza adiantamento de dinheiro da TV para não atrasar compromissos

    Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/flamengo/Flamengo-viabiliza-adiantamento-TV-compromissos_0_810519103.html#ixzz2CIfKIumQ
    © 1997-2012 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

    É mais fácil viver de adiantamento de receitas do que correr atrás de patrocinadores.

    Já teremos verbas a menos para o ano que vem, por incompetência da atual gestão de 2012. Essa é a cara da gestão Amadorim.

  5. Cara MBallem,
    Ainda que concorde com as críticas que a estamos fazendo ã gestão atual, há às vezes, aspectos que não podem ser negados. Um deles é que as penhoras dizem respeito a dívidas anteriores á gestão atual,,segundo asminformações dos jornais.
    ,

    • Mas não voltaram a ocorrer as penhoras porque a gestão atual deixou de cumprir os acordos com os devedores feitos pela gestão passada?

      E se tivessem o patrocínio nesses 3 anos, será que precisariam estar adiantando verbas?

  6. Candidato impugnado no Fla ameaça Chapa Azul com ‘visita a Deus’
    José Carlos Peruano ataca Zico, Marcio Braga, e diz que se Eduardo Bandeira de Mello vencer eleição e Fla for rebaixado, irá para Bangu I
    http://glo.bo/ZRk4nh

    E pensar que um cara desse extirpe tem passe livre dentro do clube. E o mais interessante é como a imprensa gosta de espaço para esse cidadão.

  7. No dia do aniversário, jogadores do Fla querem que 2012 sirva de lição
    Após temporada ruim, rubro-negros querem entrar fortes em 2013 e usar como aprendizado as campanhas abaixo das expectativas neste ano
    http://glo.bo/ZRvg3d

    E até parece que adianta alguma coisa, ou que eles conseguem aprender alguma coisa.
    Vamos recaptular:

    Quantas vezes o Renato, Ibson e Léo Moura já lutaram em brasileiros para não cair?

    Quantas vezes o Ramon já caiu ou jogou a 2ª divisão?

    Quantas vezes o Cleber Santana já caiu e jogou a 2ª divisão?

    Quantas vezes o Love já caiu ou jogou a 2ª divisão?

    Até o treinador já passou por lá.

    Pois é, meio time citado e ainda assim estavamos na berlinda. Precisam aprender o que mais ainda? Tem gente que não aprende mesmo.

  8. Maurício Rodrigues, Lysias Itapicurú, Ronaldo Gomlevsky e Jorge Rodrigues cogitam se unir para as eleições.

    Por que é que eu acho que esses caras estão combatendo a Chapa Azul, e não a Patrissa?

  9. http://globoesporte.globo.com/numerologos/platb/2012/11/14/a-mais-vazia-das-decisoes/

    Flor x Porcaria: pior público de jogos valendo título da história do Brasileirão. Quanto a 87, o jogo entre Fla x Inter aparece entre os 10 maiores públicos. Já o jogo da CBF entre Ixpó x Guarani está entre os 5 piores.

    Aliás, tirando 82 e 2009, todos os jogos nossos valendo título aparecem entre os 10 maiores públicos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: