35 Comentários

Alfarrábios do Melo

  

2009, a cidade, o estado, o país, estão em festa. Um mar vermelho e preto inunda as principais vias, buzinas, gritos, fogos, um alarido infernal se espalha nos mais escondidos recônditos. Mesmo em longínquos recantos do planeta tremula algum pano negro e escarlate, saudando a glória do gigante. É hexa. É o Brasil novamente aos pés do Mengão.

Enquanto isso, três vultos anônimos serpenteiam obscuros por vielas mal iluminadas, tentando manter-se ignorados, no que obtêm certo êxito. O casebre de tijolo mal rebocado acorda com as desajeitadas batidas na porta de madeira carcomida. O trinco enferrujado gira, e uma voz roufenha e preguiçosa se projeta, intimidadora.

– Quié?

Pai Leru?

– Eu mesmo, qual o problema?

– Podemos dar uma palavrinha? É sobre uma encomenda.

O velho feiticeiro abre a porta e os manda sentar. Logo se vê inquietação nas expressões dos visitantes. Um deles está cabisbaixo, olhos inchados, lacrimejantes. Veste uma camisa puída em negro, uma pálida e amarelada estrela à altura do tórax. O outro é desconfiado, tudo olha, vê, cisma. Não para de segurar uma cruz pendurada ao seu pescoço. Por fim, o mais garboso, parece ser o líder do grupo, tenta parecer elegante em sua roupa colorida em verde, vermelho e laranja. Há algo de afetado, quase afeminado, em seus gestos. E é justo quem começa a conversa.

– Temos um trabalho para lhe encomendar.

– Flamengo de novo?, suspira o velho, meio entediado.

– Lógico. Não tá vendo aí fora? Os caras são tri, reis do rio, ganharam o Brasileiro, outro dia venceram a Copa do Brasil, tão toda hora na Libertadores. Daqui a pouco ganham Libertadores, Mundial de novo. Pô, e isso porque eles são bagunçados. Imagina se arruma.

Nesse momento o rapaz da camisa estrelada começa a chorar.

– Olha só o meu amigo. Vive assim, lamuriando, praguejando. Não tem mais um minuto de sossego.

– Tá bom. O que eu tenho que fazer agora.

– Queremos algo inédito. Um desastre bíblico, uma hecatombe, um resumo, em uma presidência de três anos, de tudo o que aconteceu de ruim na Gávea.

– Vai custar caro.

– Eu não tenho dinheirooooo, buááááááá!

– PQP, que cara chato! Eu pago o que for preciso. Mas tem que ser uma coisa para quebrar a espinha dos caras, acabar com essa coisa insuportável.

– Posso repetir o pacote Veloso. A hora é até boa. Time campeão. Daqui a três anos entregam uma mulambada cheia de ex-jogador e pereba de segunda divisão. No pacote também tem faturamento baixo, aumento de dívida e culpa pros presidentes anteriores.

– Bom, muito bom. Mas quero uma coisa mais forte.

– Hummm, deixa eu ver. Tem também o pacote Leite. Compra de jogador milionário que vai cagar na cabeça do clube, mandar treinador embora e fazer uma panela de pagodeiros. Nesse pacote também tem desmonte de elenco, contratação de pereba pra afagar empresário, explosão de dívidas trabalhistas.

– Tá melhorando, mas ainda falta mais coisa.

– Porra, mais ainda? Tudo bem, tem o pacote Edmundo. Transações mal explicadas, falta de transparência, clube metido nas páginas policiais, gente esquisita falando grosso dentro do clube, essas coisas.

– Excelente. Dá pra juntar os três em um só?

– Jesus amado! De dar, dá. Mas vai dar um trabalho da disgrama, já aviso que vou cobrar caro.

– E ainda tem os diferenciais.

– Aff, mais coisa ainda?

– Claro, pô! Já disse, eu pago. Quero que nesse mandato o clube cuspa na cara do seu ídolo maior.

– Do ZICO?

– Dele mesmo. Tem que ser uma diretoria que escorrace o cara, que o processe, que o acuse de picareta.

– Mas aí a diretoria não pode ter só rubro-negro.

– Sim, é interessante infiltrar algum dos nossos lá. Tipo a esposa ou o marido de algum diretor. Por exemplo, o marido da moça lá é Young-Flu. Até vai facilitar pra tu.

Nessa hora o rapaz da cruz, que até então estivera quieto, enfim se manifesta.

– Eu quero pedir uma coisa.

– Fala.

– Quero ganhar uma final deles. Quero que eles sejam meu vice.

– Lamento, milagre eu não faço. Te arrumo uma Copa do Brasil e olhe lá.

– Sabia! Esse velho é da flamídia, da CBF, da Fifa, da Interpol, da CIA, está a serviço do Flamengo! Todos estão a serviço da flamídia! VENDIDO!

– Fica quieto, porra! Não leva a mal meu amigo, é que ele chegou agora de um rebaixamento, você compreende…

– Ele é meio desconfiado mesmo. Posso fechar?

Agora é o rapaz da estrela que fala. Com voz embargada, ele murmura:

– Eeeeu queria pedir uma coisa…

– Arrã.

– Aquele goleiro.

– Quequetem?

– Tem como trabalhar ele? É que ele é ídolo deles, sabe? E foi tudo em cima da gente… tanto pênalti… Sei lá, botá-lo em cana, meter algema, essas coisas.

– Dá pra fazer.

– E eu queria ser campeão brasileiro também…

– Pô, vocês tão demais. Brasileiro não dá. Te dou um carioquinha em cima deles e o Seedorf, tá bom?

Quase chorando, o rapaz mal esconde a alegria. Já meio impaciente, o velho quer finalizar a conversa.

– Bem, então eu vou juntar tudo isso aí que vocês pediram num pacote Rainbow Prime. Uma mulher vai entrar lá e vai espalhar o caos. Carinha de santa, jeitinho grudento, e uma espetacular capacidade de se esconder das coisas. Vai enganar taaanta gente… Vai se juntar de verdadeiras referências na arte de… ahn, melhor não falar. Seu marido tricolor vai deitar e rolar lá dentro. Uns capitães do mato vão tocar o terror e carbonizar o dinheiro do clube. Seus maiores ídolos vão ser presos ou envolvidos com escândalos policiais. O Zico, vejam bem, o Zico, vai ser enxotado como se fosse um trombadinha. Pra disfarçar, vão ganhar o Carioquinha menos festejado de sua história. E mais nada de campeonatos, o time vai viver brigando pra não ser rebaixado. Com isso aí da contratação da estrela, vou ter que liberar uma Libertadores, mas a torcida deles vai desejar nunca tê-la disputado, porque vai ser outro mico histórico. Vai ter empresário roubando camisa dentro do clube, diretor catando camisa de macho suado pra vender e gente deles mesmo se auto-boicotando. A torcida deles vai se afastar e ficar encolhida, deixando o campo aberto pros torcedores de mesada. Eles vão bater, vão gritar, vão impor as regras deles. Para tornar a coisa ainda mais interessante, vou ajeitar dois Brasileiros (lógico que para o que tá pagando mais) e mais uma Copa do Brasil para vocês. Claro, eles vão ser o pior do Rio no Brasileiro, mais de uma vez. Vão terminar o mandato sem dinheiro para pagar jogador de segunda divisão.

– Sensacional, sensacional! Tá melhor que a encomenda. Mas como ela vai conseguir aguentar três anos sem ser enxotada de lá?

– É que ela vai pintar o parquinho.

Após acertarem o preço, o velho se surpreende ao constatar que o rapaz perfumado pagou à vista, em cash. “Deveria ter pedido mais”, pensou. Os três se arrumam para sair, exultando e sonhando com dias melhores, e quando já estão quase ganhando a rua, o velho feiticeiro os chama para um último aviso.

– Tem uma coisinha, só.

– Oi.

– É que depois desses três anos pode ser que eles se arrumem. Vai ser muito forte a coisa. É bem possível que eles se organizem.

– Mesmo assim, vale a pena.

– Tá avisado. E se eles se arrumarem, tudo isso aí vai voltar contra vocês, ainda mais forte. E eu não vou poder fazer nada contra. Porque é da natureza deles. A grandeza, o palco principal, o protagonismo. É da natureza deles.

E assim, tão anônimos quanto possível, os três deixam a casa do velho, felizes com o acerto mas, de certa forma, apreensivos. A última fala do bruxo irá ressoar em suas cabeças por vários dias, meses. Coadjuvantes e sempre se alimentando dos reveses do rival maior, sabem que, o dia que o Flamengo for tratado e administrado como a mais expressiva instituição esportiva do País, fatalmente irá se encontrar com sua vocação vencedora e predatória, expandindo-se inclusive para além das fronteiras do país.

É de sua natureza.

É de nossa natureza.

Anúncios

35 comentários em “Alfarrábios do Melo

  1. Parabéns Melo, que texto fantástico, rolei de rir do Rainbow Prime, ahaahahaha…

    É uma paródia da treva q assola o Flamengo, tão real…

    Há rumores da desistência da Parquícia, será????

    • Valeu, Ivan.

      O RMP anda cogitando isso aí da renúncia. Para mim, o pior quadro seria ela juntar com a chapa do JR com ele na cabeça. Mesmo assim, muita gente iria fazer barulho.

      Pelo que se vê lá e cá, a atmosfera parece apontar para um ciclo virtuoso da Chapa Azul, uma espécie de arrancada final onde mais e mais gente vai aderindo. Algo como o que ocorreu com a eleição Lula x Alckmin, em 2006, no segundo turno.

      Tudo parece indicar que a Chapa Azul vai mesmo vencer. Mas é bom tomar cuidado, essa gente joga sujo. Esse incêndio mesmo tá esquisitaço. E a eleição será (seria) lá.

  2. PQP Melo, ESPETACULAR!!!

    Sensacional a sua sacada e a forma como elaborou a história.

    Espero que o aviso do velho seja profético, acredito muito que será.

    Grande abraço!SRN

    • Valeu, bcb. Que os azuis vençam essa luta, e hão de vencer. Parece que tomaram gosto por essa coisa de eleição, e estão se preparando.

      Forte abraço rubro-negro.

  3. S E N S A C I O N A L ! ! !

    Melo, estou rindo até agora, kkkkkkk

    A esperança é AZUL, por que o céu é o limete….

    SOMOS FLAMENGO
    somosflamengo33.blogspot.com

  4. Melo, Vc é muito criativo.

  5. Melo, eu sei que essa corja joga sujo, e que esse incêndio pode ter sido algo proposital, mas não acredito mais na derrota da chapa Azul. Eu acredito que mesmo os que nem iriam aparecer para votar, aparecerão nessa eleição para dar uma resposta para a gang da parquícia.

    Allons célébrer la victoire!!

  6. S E N S A C I O N A L !!!!….show de Bola Melo !!!…parabéns….

  7. putaqueopariu, Melo!
    Sensacional!!!

  8. Meu deus!!! criatividade a mil hein 🙂

  9. O amigo esqueceu de por ai na mandinga dois titulos pro cara de roupa colorida com ares femininos 🙂

  10. Melo, mais uma vez, sensacional! Parabéns e até a vitória da chapa azul!

    Vinicius

  11. Opa Melo, mais um texto extraordinario que no seu caso torna-se redundancia pontual. Um forte abraco pra vc a e a todos do querido FlamengoNet.

    • Obrigado, Rocco. E mais uma vez parabéns pelo sublime trabalho desenvolvido no Buteco. Pode crer que, em caso da (cada vez mais próxima) vitória azul, as febris discussões e o clima de mobilização vivido no Buteco terão sido importantíssimos para que a corja seja desalojada.
      Forte abraço.

  12. Melo, eu gostaria de ter escrito este texto. Inveja boa aqui. Parabéns.

  13. Então quer dizer que a Chapa Azul pôs fogo no ginásio???

    ahahahaha, por isso eles são a oposição do mal????

    Esse mercenários infiltrados na Gávea merecem cadeia!!!!

    Chega de amadorismo, de torcedores profissionais, de aproveitadores!!!

    Azul neles!!!!

  14. Será que fui o único que deixou a lágrima rolar? rs

  15. Perai, não posso deixar essa passar:

    “Porque o Zinho não foi lá no Ginásio e apagou o incêndio? Afina, não foi pra isso que ele foi contratado, apagar incêndios?”

    Hehehe 😉

  16. Texto excelente, Melo. Tomara que seja realizada a profecia.
    Torço demais pela chapa Azul. Aliás, a entrevista do post anterior, foi primorosa. É aquilo que queríamos ouvir, a visão de trabalho que pregamos pro Flamengo.E ainda por cima com uma autencidade impressionante do BAP, que emocionou a todos no depoimento final, contando a história do segurança.

    É uma chance imperdível para o Flamengo. Que não aconteçam sabotagens, que a galera vá votar (em plena segunda feira…). Que seja confirmada a vitória. E que venham novos tempos.

    Sobre o time, acho que está recebendo o tratamento que merece: jogando as moscas e sem que ninguém dê a mínima. De qualquer forma, só pra não perder o costume de palpitar, eu escalaria o seguinte contra o Bota: PV; Welinton Silva, Renato Santos, Gonzales e Felipe Dias; Cáceres, Renato, Mateus e Adryan; Nixon e Love.

  17. Parabéns, Melo!!
    Criatividade nota 10!! Sensacional!

    A verdade final de seu texto é:

    “O dia que o Flamengo for tratado e administrado como a mais expressiva instituição esportiva do País, fatalmente irá se encontrar com sua vocação vencedora e predatória, expandindo-se inclusive para além das fronteiras do país.”

    O Flamengo merece essa verdade. SRN

  18. já confirmaram que foi o Peruano que botou fogo lá no ginásio?

  19. Boa noite a todos.

    Melo,

    simplesmente fantástica essa associação entre a gestão Patrícia Amorim e o tal “Rainbow Prime”.

    Foi a melhor definição do mal que nos acometeu nos derradeiros três anos.

    Viva a Chapa Azul!

    Forte abraço a todos.

    Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.

  20. Segundo o advogado da corja, o incêndio foi criminoso. Alguém me explica como um cara se abaixa, deixa algo no chão as 8:27, daí os colchões pegam fogo as 8:42?

    Pode isso, Arnaldo?

  21. Genial melo, genial. Sempre surpreendendo. Que texto delicioso. E tá chegando, tá chegando, falta muito pouco……

  22. Só agora eu li o texto sensacional do Melo, muito bem recomendado lá no Buteco.
    Sei que todos os elogios mais que merecidos já foram feitos, mas não posso deixar de elogiar também nem que seja em uma palavra: Genial!

  23. Boa noite galera! Faz tempo q não entro aqui, saudades do Blog! Rnt e Melo, genial! Mto foda os posts!

    Srn
    Chapa Azul porraaaaa! Vamu la porra! Estilo Joel mermo…

  24. Fantástico, mesmo sabendo se tratar de brincadeira, não tinha como ser mais real! Mas as travas estão chegando ao fim… chapa azul fuderosa! Não tem incêndio, furacão Sandy, maremoto, tsunami que segure os novos tempos do mengão!

  25. Muito bom, Melo. Foi uma ótima síntese desses 3 anos. Só acho que o texto dá a ideia de que o “mal” veio de fora, passa a ideia de vítima quando o “mal” rubronegro vem mesmo de dentro como no próprio texto se coloca: Veloso, K. Leite, E S. Silva e capitão disso, Peruano daquilo, Pat…Tem certos flamenguistas por aí que fazem desnecessários os inimigos.

  26. Interessante, alguém diz para outro alguém que o Robinho gostaria de um dia jogar no Fla e morar no RJ, que isso já faz do Flamengo um pretendente à contratação do jogador no site da globo.

    Pelo que li, Santos, Gremio e Galo estão tentando, devem ter colocado o Fla nessa para as cifras aumentarem.

  27. […] na semana passada, que chegou a me tirar o prazer de escrever (quem ainda não leu a joia, clique aqui). E também conhecida como ressaca eleitoral, moral, “cervejal” e “joelhal” com […]

  28. Quando o Flamengo ganhou o título da Copa do Brasil, inevitavelmente lembrei desse belíssimo texto que havia lido logo que foi lançado. E essa previsão dos últimos parágrafos, cada vez mais se confirmam!!

Deixe uma resposta para paulosantos60 Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: