1 comentário

Empate fora de casa é um bom resultado

Flamengo e Madureira em Conselheiro Galvão, 16h de uma quarta-feira? Não, eu não vi o jogo. Mas ouvi. Sorte dos erradios torcedores, daqueles que podem negociar horários no trampo e dos que são donos de seu próprio negócio. A mim, mero assalariado que precisa passar na catraca após cumprir a jornada de trabalho, restou o rádio. Ou seja, não posso defecar letras sobre o empate em 1 x 1 de ontem apenas com base em narrações e comentários via dial.

Entretanto, vale sugerir-lhes calma. Sim, um pouco de paciência e, talvez, uma pitada de compreensão para olhar pelo lado menos pior: empatar fora de casa sempre é um bom resultado. Ora, o Novo-Nem-Tão-Novo-Assim Flamengo arrancou 1 ponto precioso lá no subúrbio e contou com a sorte, pois o ex-ídolo Iranildo não atuou com a camisa do adversário. Imagina desconstruir toda a imagem positiva que a Nação tem do Chuchu? Pois é… e mesmo assim o time passou um sufoco e, se Felipe não tivesse feito milagre, sairíamos com o rabo entre as pernas. Sem contar que Dorival Jr JoelSantonizou completamente. Sério mesmo que o treinador quer queimar a molecada e enaltecer os anciãos (Léo Moura e Renato Abreu na lateral)?  Já basta o aplicativo de Flamengo no Iphone querer complicar ainda mais a vida do time no Carioquinha:

Aplicativo CRF Iphone

Enfim, só queria aproveitar para comentar o piti do Ibson. Quer dizer que o cara se arrasta ao longo de 2012, mas, em míseras duas partidas (contra os poderosos Quissamã e Madureira) já se acha novamente “o intocável” e com direito de fazer birra? Tudo bem, não quer comemorar o gol, beleza. Mas chegar aos microfones vomitando besteiras, fazendo mimimi “pelas coisas que vem acontecendo” é justamente passar recibo de mimado. Quer dizer que agora ele tem o direito de conturbar o ambiente já no segundo jogo do Flamengo no ano?

MimimIbson

Todos clamam por mudança, pedem uma gestão profissional e querem um clube efetivamente bem administrado, certo? Então, quando um jogador não aceita se enquadrar nas novas regras e enfatiza isso em declarações na mídia, faz o quê? Já era para ter posto porta a fora há tempo! Não se pode mais deixar atleta desagregador criar raízes e influenciar a garotada que, infelizmente, também já está cheia de vício.

Bruno Cazonatti
@cazonatti

Anúncios

Sobre Bruno Cazonatti

Eu sou tudo aquilo que você leva de mim.

Um comentário em “Empate fora de casa é um bom resultado

  1. Treino puxado num corralito abafado. Muita zoada por quase nada e a gente sempre olhando pro varejo e caçando os bem remunerados bodes expiatórios da vez. Com uma resolução simples poderíamos evitar certos constrangimentos. Entrevistas, só após o jogo e com jogadores escolhidos. Todos saem ganhando, jogadores, patrocinadores, inclusive a imprensa sempre cobrando profissionalismo e ética… Dos outros.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: