2 Comentários

Calúnia do Rúbio Negrão

Sejemos cinseros e analfabéticos: se a gestão ESS transformou o Flamengo num ISL, a gestão amarela o tornou um imenso IML, sem ao menos ter a decência de injetar formol nos cadáveres cada vez mais fedorentos que insistem em cair dos armários de nossa sacrossanta sede.

Mas se por um lado um bodum pútrido ainda emana das entranhas do Mais Querido do Mundo (palavras da Conmebol), por outro, em campo aberto, o time do Flamengo parece ter ressuscitado, disposto a assombrar desafetos de ontem, hoje e sempre. Aparentemente, os jogos modorrentos do ano passado, onde se via uma equipe comatosa exalando seu último alento, ficaram definitivamente pra trás.

Não restam, portanto, dúvidas de que as coisas mudaram pra melhor, inclusive onde ninguém esperava, a saber, dentro das quatro linhas.

Cenão vejemos e erremos: 1) Ibson redescobriu seu futebol nota 7 ao perceber que voltaria a receber salário no fim do mês; 2) Finalmente um junior, um tal de Rafinha, que a julgar pelo biótipo tem tudo pra voar baixo (caso não vente demais), mostrou serviço no time principal; 3) Um centroavante aparentemente folclórico demonstrou que sabe usar a canela; 4) Renato Abreu, de titular absoluto, passou a jogador de elenco (sugiro que tente a montagem da peça “Um Bonde Chamado Desejo”); e 5) Elias vem mostrando ser mais que um sósia do Robinho. De forma que arrefecem bastante ansiedades e a expectativas quanto às estreias de K10 e Gabriel, que podem se preparar calma e adequadamente para o grande dia. 

Não se enganem, porém, meus leais detratores: afora a eleição de dezembro passado, que entrou para a história do Flamengo com valor similar ao de um Mundial de Clubes, a gestão azul ainda não ganhou nada. Ainda não enfrentamos nenhum time grande em 2013. No momento, estamos apenas aproveitando a pré-temporada pra montar um pré-time.

Só que algo muito importante e valioso já foi recuperado neste tão pouco tempo de gestão: o ser Flamengo. Hoje, o rubro-negro voltou a ser o que deve ser: indecifrável. E é justamente por não nos decifrarem que os arcoirenses não conseguem nos sacanear direito.

Graças à credibilidade recém-recuperada, podemos reforçar ainda mais nossa lealdade aos nossos princípios, nunca deixando de respeitar as outras opções sexuais. O ser Flamengo não é ser prepotente ou presunçoso. É ser apenas Flamengo, e saber eternamente que ser a regra torna todo o resto em exceção.

Duplex Toc Zen

1 – Vasco 60%: Mesmo que não consigam o título da Taça Guanabara, por questão de honra tentarão recuperar os 100%, ó pá!

2 – Em menos de uma semana, o Vasco levou três chineladas: Do Flamengo, do Bangu e do Cazalbé.

3 – Zico 60 somente agora em 2013: Já tricolor 60 desde 1902.

4 – Pergunta fail num estádio brasileiro 1: “Meu, esse podrão tá fresco?”

5 – Pergunta fail num estádio brasileiro 2: “Oxente, tem papel higiênico nesse banheiro?”

6 – Pergunta fail num estádio brasileiro 3: “Cara, era mijo dentro desse copo que me jogaram?”

7 – Pergunta fail num estádio brasileiro 4: “Dá pra ficar de boa com essa camisa do Curintia lá na torcida do Parmera, mano?”

8 – Pergunta fail num estádio brasileiro 5: “Nessa avalanche rola camisinha, chê?”

9 – O meu muito obrigado ao cabeleireiro do Rafinha: Tipo do penteado insosso que ajuda qualquer garoto a manter a cabeça no lugar.

1-7-1 – Preocupado com o 4-3-3 do Dorival? Desencana. Nem 4-2-3-1 nem 3-5-2 nem 4-4-2 nem 3-4-3: Esquema infalível de verdade só o S-T-J-D.

11 – O futebol continua sendo uma caixinha de surpresas: Vai entender como o Love, do alto dos seus 1,72m, conseguiu fazer tanta sombra ao artilheiro Hernane de 1,83m…

12 – E por falar em “caixinha de supresas”…: O Mengão, novamente na vanguarda, provou que o futebol também pode ser um armariozinho de cadáveres.

13 – Matttthheus será um novo Zico?: Parado até dezembro, terá mais chance de virar um novo Felipe Chinelo.

14 – Planejamento reverso: Enquanto os azuis não pagam rescisões, só salários, os amarelos só pagavam rescisões. Salários, nem pensar.

15 – Diretamente da minha assessoria de imprensa para o site Ego: “Em agência dos Correios, Rú Negrão ousa e mete a língua em selinhos.”

16 – Definitivamente, o Vasco caiu no ranking de maior rival do Flamengo: Agora é o segundo.

17 – Outro esqueleto caiu dos armários do Flamengo: Rafinha.

18 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao)

O bando de loucos era ainda mais louco do q a gente pensava: “Pesquisa coloca Flamengo como maior torcida do mundo; Corinthians é a quarta.”

O Fred do FluminenC tem aparecido muito lá pela Gávea. Dizem que é pra ficar manjando os carecas.

Se os amarelos tivessem ficado no poder, daqui a 3 anos o cadáver do próprio Flamengo iria cair de um armário.

A nova arena do Grêmio é tão moderna que suporta qualquer tipo de avalanche, inclusive de torcedores com ereções.

Engraçado… O Gabriel ainda tem que ganhar 6 quilos de massa muscular, enquanto o taludo Rafinha vem jogando normalmente…

Gremista adora decisão por pênaltis porque são 5 avalanchadas gostosas de uma vez.

Disputar Libertadores com time fraco é pedir pra sofrer. Prefiro esperar até 2014, com um timaço bombando.

Aí o seu time marca um gol, e você é encoxado por trás por um cara suado, fedendo a cigarro e berrando “Eu quero morrer!” #AvalancheGremista

“Amarelinha fica 23% mais leve.” Desse jeito, o Neymar acabará sendo levado pelo vento…

Rafinha x Dedé: é por isso que as mulheres preferem um pequenininho sapeca a um grandão bobão.

Junior de futuro é que nem o Rafinha: chega chegando. Esses juniores que levam 200 anos pra dizer a que vieram não tão com nada.

Time que tem Abuda pede pra levar de 4.

Pra ficar no ponto, só falta o Rafinha ganhar 80 quilos de massa muscular.

A julgar pelo tamanho do esculacho que o Vasco prometia dar no Flamengo, acho que saímos no lucro. UFA!

O azar do Dedé foi o Rafinha não ser um velocista burro como a maioria dos velocistas.

Os E.U.A. tiveram seu Vietnã, Napoleão teve sua Waterloo, Roma teve seu Nero, e Dedé teve seu Rafinha.

Quem sofreu mais: Arévalo com Negueba ou Dedé com Rafinha?

Vascão 100%, onde 100% de nada é nada.

Caros meias do Mengão: não coloquem o Hernane na cara do gol. Ele gosta mesmo é de gol espirrado, chorado, canelado e, se possível, bicado.

“Na Câmara, Tiririca conta piada e faz Romário rir.” Na Câmara? Precisava?

“Fifa pede leis rígidas e ajuda contra a corrupção no futebol.” E pensar que já me aborreci aqui com nefelibatas que criam num futebol puro.

Efeito Rafinha: depois que um peso pesado toma porrada de um peso leve, fica com medo até de anão.

“Neymar exibe o físico até em cueca verde e amarela em dia de modelo.” Que físico? Einstein?

Pra provar que não odeia homossexuais, após o De Frente Com Gabi no SBT, Silas Malafaia se comprometeu a fazer um De Costas pro Didi na MTV.

E nada mais faço, a não ser que coçar o saco tenha virado profissão.

Anúncios

Sobre @rubionegrao

Humildemente, um ás do quinta-colunismo esportivo.

2 comentários em “Calúnia do Rúbio Negrão

  1. São José x Flamengo em tempo real as 20:00 : http://lnb.com.br/tempo-real

    Escolinha Fla :
    Razão Social: Time Marketing Esportivo.
    Telefone: 21 2259-4999.
    Fax: 21 2259-0506.
    Endereço: Visconde de Pirajá,529/202.
    Rio de Janeiro-RJ. CEP 22410-003.
    http://www.escolinhafla.com.br

  2. RNT, quem.diria.que.um.POST seu iria ter ZERO comentários um dia, hem? Realmente, o BLOG agoniza….

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: