12 Comentários

Alfarrábios do Melo

Saudações flamengas a todos,

Estamos em maio.

O Flamengo, conforme havia sido anunciado e prometido, já possui dois contratos expressivos de patrocínio para os uniformes, um vultoso contrato de fornecimento de material esportivo, deu início a um programa de sócio-torcedor que já começa a compor o faturamento do clube de forma bastante emblemática, regularizou sua situação fiscal, a ponto de obter as tais CND’s, algo inédito desde a criação das mesmas, e deu fim à interminável praga dos atrasos de salários, remunerando em dia seus atletas (e negociando os débitos ainda existentes).

É um pacote de medidas e resultados sem precedentes na história recente da instituição.

O mais interessante é perceber que isso tem incomodado a muitos. Porque um desavisado que se debruce sobre os principais portais irá talvez sair de lá com a percepção de que o Flamengo segue como sempre foi pintado cuidadosamente há décadas, um clube endividado, decadente e em apequenamento.

Contestam nossos torcedores, contestam nosso valor de mercado, contestam nossa grandeza.

fofoca

Há recalque, há despeito arco-íris nisso, dirão os rubro-negros mais assertivos. Com efeito, não há que se clamar neutralidade de jornalistas que cospem no nosso sacro nome desde a tenra idade, lombos em chamas das periódicas sovas sofridas. E a crônica esportiva de massa não é propriamente um celeiro de informações aprofundadas. Pensar não dá pageview.

Mas atribuir a profusão de notinhas maliciosas, acres ou mesmo diversionistas à mera antipatia clubística é incorrer em um pueril romantismo. Bater e achacar o Flamengo agrada a muitos, mas não é o mero fetichismo de negar a paixão flamenga o que move sua disseminação.

Futebol é um negócio. E um negócio que está começando a mover dinheiro. Mas muito dinheiro.

Diz o celebrado Ferran Soriano, um dos comandantes da reestruturação que fez do Barcelona a equipe mais admirada e exaltada do mundo futebolístico nos últimos anos, descrita no livro “A Bola Não Entra Por Acaso”, e “mentor espiritual” da nova administração flamenga (entre várias outras), que um dos pilares de sustentação de uma equipe, o que ajuda a se diferenciar das demais e a se posicionar em um bloco global, é o faturamento. A maximização do faturamento deve ser perseguida de forma quase obsessiva, canalizando e ativando todas as fontes possíveis de captação de recursos, incrementando as dimensões de marketing, televisão e bilheteria, que são as três principais, e dentro delas abrindo novas possibilidades.

Futebol é entretenimento. Como tal, lida com imagem. Construir uma imagem forte, sólida, ascendente, aumenta os atributos positivos de uma instituição, o que lhe permite construir relacionamentos e parcerias calcadas em valores mais altos. Ou seja, uma instituição forte consegue atrair grandes contratos de patrocínio, com empresas igualmente sólidas, o que costuma, em pouco tempo, disparar uma espiral positiva, um “ciclo virtuoso”. Mais dinheiro, mais estrutura, mais conquistas, e mais dinheiro ainda.

O Flamengo está no início desse processo. Ainda lida com dificuldades advindas de anos e anos de descaso, mas mesmo algo alquebrado já consegue conversar com o mercado e transmitir a mensagem de que está se tornando um player de expressão, um protagonista. Evidentemente, isso irá tirar o espaço de outros clubes, que talvez estejam inebriados com sucessos recentes e efêmeros.

Daí a intensificação da tentativa de seguir caracterizando o clube como uma massa quebrada, cuja falência é iminente. Um processo que ainda irá levar algum tempo, mas irá se tornar a cada dia mais inócuo, dada a cada vez mais eloquente incompatibilidade com os fatos. Trata-se de mera tentativa de retardar um processo de crescimento que já foi disparado, e soa irreversível. E que devolverá instituições medianas ao seu patamar menor, e pretensos protagonistas a um relativismo mais compatível com suas histórias.

Assim, a quem se incomoda com as notinhas traiçoeiras e maldosas dos articulistas dos portais, vale se indignar, vale escrever comentários ásperos, vale reclamar com as respectivas ouvidorias, sac’s ou correlatos. Mas também vale perceber que muito disso nada mais será do que o reflexo de vozes esganiçadas, inquietas e assombradas com o ressurgimento do colosso flamengo.

O Flamengo está acordando.

Uma boa semana a todos.

Anúncios

12 comentários em “Alfarrábios do Melo

  1. bom ver que o Melo tbm faz resenhas contemporaneas.

    todo esse processo de restruturação que o Flamengo passa é fundamental e urgente. Veio na hora certa. Até agora, o trabalho é irrepreensivo.

    o corintians é a bola da vez e isso tem a ver com o momento do time e a vontade da Globo de paulistar sua marca. O flamengo das malezas vende a rivalidade desses times e vende pra torcida arco-iris ávida por noticias alheias a seus times. O Flamengo é maior que isso, e não será de falacias, brigas que nos mostraremos grande. O futebol é muito generoso pois as injustiças são quebradas dentro de campo, então é só fazer o trabalho direito e devolver o Flamengo no topo dos titulos que o arcoiris cairá incrededulo e a midia vem junto.

    O trabalho fora de campo é fundamental na recuperação da credibilidade, mas em campo será mais ainda. Acho que a nova gestão esta vacilando em campo e começo a achar que vão continuar vacilando ou o resultado só virá depois de muito tempo. e não temos tempo. O trabalho começou, mas começou tarde.

    srn’s

    • Valeu, j.mario.

      Sim, essa “virada de foco” para SP também tem a ver com a má vontade externa.

      Quanto aos resultados no campo, normalmente é o que vem por último. Esse primeiro ano é o momento mais difícil, precisamos ter paciência e a diretoria, firmeza. Faça errado, mas faça dentro de uma coerência, sabendo o que quer.

  2. Melo? Sem comentários.

  3. Uma dos maiores motivos que levaram à nossa bancarrota foi o imediatismo, que impediu que todo e qualquer projeto a longo prazo fosse levado à frente por qualquer de nossas diretorias anteriores.
    O pensamento sempre foi: TEMOS que ter craques no time, TEMOS que disputar o título, TEMOS que ter um bando de nomes famosos, TEMOS que contratar, contratar, contratar… não importa a que preço. Não importa que amanhã isso nos leve à falência.

    Assim, pagamos (???) quase um milhão por mês de salários a Ibsons, Vager Loves, Vampetas a troco de… título nenhum. Só vexames em campo.

    Se não tivermos paciência, podemos colocar tudo a perder. A torcida vai ser fundamental nesse processo de mudança de mentalidade.

    Podem cortar os pulsos, dar faniquitos, mas, se quiserem um Flamengo forte de verdade por muitos e muitos anos, temos que entender de uma vez por todas que “ESSE NÂO É ANO DE GASTAR”, não é ano de Robinhos, Loves, Kakás…
    Não é ano de levantar caneco.

    Particularmente, fora e TAMBÉM DENTRO DE CAMPO, a diretoria tem acertado. Se livraram de Ibson, Love e Dorival Jr., todos improdutivos, com salários milionários. Se livraram de Wellinton, Pirulito e descartaram Robinhos e outros come-e-dormes que não jogam um centavo do que recebem. Na minha opinião, tudo perfeito.

    E ainda acho que estamos (exceção àquela sequência de jogos do início da Taça Rio) jogando melhor que o decantado FlorminenC, só pra citar um exemplo.

    SRN

  4. os resultados e principalmente o futebol jogado vai dizer a medida da nossa paciencia e do nosso socio-torcidometro. A diretoria fez a limpa, mandou uns que não deviam nem ter vindo, mas mandou embora outros que deviam ficar por bastante tempo. O trabalho tem como unica filosofia cortar custos, quando na verdade deveria equilibrar os custos. Decisões erradas em relação ao time foram tomadas e o preço virá mais cedo ou mais tarde. Não precisa contratar craques, alias não precisava nem contratar jogadores, temos boas revelações da base e contratações ja foram feitas no começo do ano. O importante é MANTER uma linha de trabalho. Tudo indica que agora vão manter o trabalho, pena que será com um estagiario no comando e um bando de apostas em campo. Um trabalho começado errado.

    Renato tem sido o melhor do time até aqui. O Renato.

    quanto aos patrocinios, cnds, dispensas de loves, tudo muito bem feito.

  5. Concordo totalmente com o post.
    Infelizmente, e digo isso com surpresa, alguns dos q postam nesse blog estão nessa linha de contestar.
    Mas estou apoiando totalmente essa adm.
    O q eles estão fazendo mostra q o Flamengo é uma potência. Basta fazer as coisas certas.
    O trabalho de recuperação será mais demorado pq ñ terá a mídia pra ajudar, como o corinthians por exemplo.
    Mas o Flamengo voltará a comandar!

    Frederico Stroppa Moreira

  6. Ser Rubronegro mesmo nos momentos mais incautos jamais tive dúvidas quanto ao ser, mas confesso que meu orgulho de ser Rubronegro com estes fatos, voltou aos da décadas de 70/80.

  7. vou torcer muito pela nova diretoria. Ganharam meu voto e acredito estarem fazendo um excelente trabalho até aqui. Muito respeito pra quem deixou a vida confortavel que levava pra encarar o desafio e descascar o enorme pepino. Disseram que iam fazer e estão fazendo, não ficou só no discurso. O ST me surpreendeu, não acreditei que passaria de 30mil e pelo ritmo que anda, vai passar em pouco tempo.

    É nitidamente um grupo e espero que mantenham a sintonia até o fim.

    mas fizeram uma cagada trocando o treinador, falo isso pelo bem da chapa azul, por mim o Flamengo CND pode até ir pra segunda divisão que estarei torcendo.

    • Sacrificaram o Estadual com a troca tardia do treinador. Verdade.

      Mas pelo menos agora eles têm um elenco todo “de confiança”, até porque as maçãs podres foram segregadas.

      E dessa vez, ao contrário do ano passado, a intertemporada parece estar sendo produtiva.

  8. Sensacional Melo!!!!! Muito bom ler uma crônica sua com viés do presente, algo que é sua marca apenas como contraponto. Um abraço do amigo Henrique Sangue nos Olhos.

    Estamos por aí! Beijão.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: