Deixe um comentário

5 em quadra, 12 mil no cangote

Antes de qualquer comentário sobre o jogo, devo confessar que há muito não me emocionava com o Manto em ação. A noite de sábado foi “one of those”, e encheu de orgulho a Nação Rubro-Negra perfuradora de cestas alheias.

O jogo foi tenso, nervoso, e podemos dizer que foi dividido em 2 períodos, e – no meu entender – decidido numa bola no terceiro quarto.

Começamos bem, com bom aproveitamento, mas deixando o São José jogar. Por mais antipático e cheio de seilaquenzinhos (Mulhenberg, Arthur, 2013 in twitter),  é um time encardido, e conseguiu fazer um segundo quarto que preocupou a torcida, ainda mais com Benite machucado e Marquinhos com 3 faltas.

Então veio o terceiro quarto. E aí a torcida entrou em quadra, sem pedir licença, sem assinar a súmula. E o time, claro, reagiu, comandado pelo prata-da-casa Duda, que entrou no status “on fire”, e liderou um vergonhoso e mal educado 30×16 a nosso favor. E no incêndio de Duda e torcida, veio o lance que citei no começo: recuperamos uma bola, e faltando um segundo, Marquinhos meteu de 3. Como manda a etiqueta de bons modos, foi pra torcida, e neste exato momento eu vi que não tinha mais como perder. Eles estavam liquidados.

O quarto período foi uma mera formalização do que já estava definido. Com direito a olé, enterradas e muita festa da torcida, o Flamengo mostrou quem manda na Arena HSBC, e mandou de volta pra casa todo o mimizinho de Fúlvio Não-me-toques, AKA Vúlvio(@urublog, 2013 in twitter). Festa em quadra, festa nas arquibancadas. Dever cumprido.

Sábado teremos o Uberlândia. Tem que jogar na mesma vibe de hoje, de preferência com a marcação forte do terceiro quarto e o grande aproveitamento dos arremessos de 3 pontos. Esse time tem tudo pra fazer história. E assim o fará.

=====================================

Amanhã começa nossa caminhada no Brasileirão. Não crio expectativas. O campeonato é longo, e não convém ter ataques de pelanca logo na primeira rodada. Espero que o time entre com sangue nos olhos, e dê ao Neymar uma bela “festa” de despedida. De preferência com gols dos malucos que escalei no cartola.

Tenham FÉ. Se sobrevivemos à gentalha, podemos ter boas expectativas com os azuis e Adidas.

Estamos juntos. MEEEEEEEEEENGOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!

E nada mais digo.

Eu no twitter: @alextriplex

 

Anúncios

Sobre Alex do Triplex

Rubro-negro, pai da Alice e casado com a Mari. Filho de Ogum com a Oxum. Ácido, mas tento ser justo. E nada mais digo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: