4 Comentários

Lágrimas ou fogos?

O Clube de Regatas do Flamengo acertou, na tarde desta segunda-feira, a rescisão de contrato do jogador Renato Abreu, que iria até o final do ano. A diretoria rubro-negra agradece a Renato pelos serviços prestados e deseja ao atleta sucesso na continuidade de sua carreira.”
(Nota oficial do clube)

Acabou a Era Canelada no Flamengo. Bom ou ruim? Depende do ponto de vista. Eu achei ótimo, até porque, há tempo peço a renovação desse elenco desgastado e cheio de mimos. Mas, tem os que defendem o jogador e acho justo também. Afinal, Renato Abreu nunca foi uma aberração, apesar de jamais ter sido também um craque. Porém, eu prego que não podemos nos limitar às migalhas e achar que, uma falta bem cobrada ou outra, justifica sua permanência ou compensa os seus recentes “se arrastar” em campo.

VaiPraRua

Ah se ele ainda tivesse realmente aquele vigor ou usasse seu espírito de liderança em prol do grupo, e não por interesses individual… Mas não. Nos últimos meses o que vi foi um cara desagregador, um dos articuladores de boicotes e alguém que se achava acima do bem e do mal dentro do clube. Mas, sejemos cinseros e analfabéticos (com a licença poética do meu amigo Rúbio Negrão), o cara está com o seu nome marcado na história vitoriosa do clube e deve ser lembrado sempre como um dos responsáveis por isso. Um “dos”, no coletivo. E não “o” responsável. Por que era isso que ele parecia achar que era e, assim, cobrava sua titularidade.

Sua saída, seja por punição ou por, enfim, alguém estar de saco cheio, foi no momento exato. Na hora em que um novo treinador chega para colocar ordem nessa bodega. Porque Mano Menezes parece querer acabar com os vícios e manias de um elenco que precisa urgentemente colocar o rabo entre as pernas e trabalhar muito.

Tira essa camisa

“Tira esse Manto Sagrado, que você é moleque!”

Por fim, agradeço por tudo o que Renato Abreu fez pelo Flamengo. Eu, que só guardo as coisas boas na memória, vou ficar com a lembrança de sua raça e postura naqueles jogos em que ele encarnou realmente o espírito do urubu. E pelo resto, vai com Deus!

Bruno Cazonatti
@cazonatti

Anúncios

Sobre Bruno Cazonatti

Eu sou tudo aquilo que você leva de mim.

4 comentários em “Lágrimas ou fogos?

  1. De minha parte… FOGOS!!!

    Raça é obrigação.
    Critérios técnicos são discutíveis.

    Mas DISCIPLINARMENTE, isso já era pra ter acontecido há muito tempo…

    SRN

  2. O Renato Abreu deu um raro exemplo de cidadania, e foi pra rua.

    Pra ser mais exato, PRO OLHO DA RUA!

    Belo post.

    SRN do RNT

  3. um dia a midia manipulou. A midia quebrou e se mutiplicou em pequenas e independentes ilhas. Mas a vontade de manipular continua nas mãos de quem esta por traz. Afinal o gostinho do poder não livra ngm. Fenomeno de disseminar a desinformação de acordo com os proprios interesses. Nada mudou. E a blogesfera segue.

    Onde esta a justificativa da diretoria por decisão completamente arbitraria na demissão do Renato Abreu?

    nada justifica tal demissão.

    Indisciplina?
    não concordar com as vaias de 6 duzia por perder um penalty (tbm não concordei), é comum, não foi o primeiro e nem será o ultimo. Não justifica.

    corpo mole, derrubar tecnico?
    vice artilheiro do Flamengo no ano. Seus gols mantiveram o clube vivo na copa do Brasil e ajudaram a escapar do vexame no sul. Só pra falar fatos bem recentes. Não justifica. Derrubar tecnico, que piada! Mesmo que fosse verdade, estaria consertando o erro da diretoria para o bem do Flamengo.

    Tempos dificeis e estranhos.

    Essa diretoria vem trabalhando fortemente pra levar o Clube a segunda divisão e o corte de gastos me parece uma plataforma mentirosa: CE + rescisão do Dorival + Jorginho + Mano menezes + uma penca de jogador que estão ali fazendo numero apenas.

    Vlw Renato!
    vlw pelos gols, pela raça, pelos titulos e pelas tantas vezes que salvou o Flamengo quando tudo se encaminhava para o limbo da segundona.

  4. Dia 17/06 pode ter sido um dia histórico para duas nações:

    A brasileira, que acordou enfim do seu ostracismo.

    E a rubro-negra, que, enfim, pode estar vendo o resultado tão sonhada profissionalização que sempre sonhamos em nosso clube, depois de vinte anos de lutas infinitas contra o rebaixamento e carioquetas ilusórios (como os que motivaram essa idolatria de alguns poucos por um jogador limitadíssimo tecnicamente, indisciplinado, mimado e que NUNCA representou o Flamengo que eu me acostumei a torcer – MEU FLAMENGO ERA OUTRO, JOVENS!!!).

    A demissão do Renato é muito representativa, porque demonstra que a diretoria não tá nem aí pra popularidade dos seus atos junto à arquibancada (embora essa decisão seja muito aplaudida) e passa o recado claro ao resto dos jogadores que não vai tolerar mais palhaçadinhas idiotas e que ninguém é mais importante que o Flamengo.
    Fundamental, principalmente às vésperas da apresentação de um técnico estilo “linha dura”, fadado à mais um boicote liderado pelas primadonnas de sempre, que não gostam de ninguém mandando que não seja eles.

    E, digo mais, Léo Moura e Felipe já devem estar com as barbinhas mais do que de molho. Já devem ter percebido que a chapa esquentou pra sempre.

    Parabéns por tudo, blues!
    Vcs estão materializando dia-a-dia cada vez mais os anseios dos rubro-negros racionais.

    Que tudo dê certo, e a corja seja alijada pra sempre da Gávea.

    SRN

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: