2 Comentários

No Apagar das Luzes…

O Flamengo jogou razoavelmente bem, de igual para igual contra o Internacional, umas das equipes mais fortes do campeonato. Time bem postado, explorando os contra-ataques, se defendendo bem… até os 46 do segundo-tempo, quando fomos desgraçadamente castigados pelo Juan. Que ironia… Aliás, no momento do fatídico gol, eu não sabia a quem xingar: nosso ex-ex-ex-zagueiro ou o afobado Felipe. Haja tabu pra tanto jacu!

Falha

Eu juro que fiquei surpreso com a postura do time, pois esperava (por culpa do histórico) um Flamengo mais acovardado e passando sufoco ao longo de toda a partida. Mas não, gostei bastante de ver um time jogando que nem homenzinho e sabendo administrar a pressão dos gayúchos. Claro que ainda fica evidente a falta de um lateral direito decente e de um meia de criação que realmente saiba criar. Mas, avaliando o todo, é nítida a evolução tática após a chegada de Mano Menezes. Todos os jogadores fechando espaços, atrás da linha da bola, esperando a hora certa de atacar… fizeram uma partida equilibrada contra um adversário repleto de craques.

Derrota injusta

Infelizmente perdemos. Tivemos oportunidades, mas desperdiçamos, ou seja, isso é clichê. Merecíamos esta derrota? Talvez não. Mas isso aconteceu por uma mísera desatenção no frigir dos ovos. Entretanto, você pode encarar esse resultado no estilo “copo meio cheio ou meio vazio”. Porque perdemos, mas estamos jogando melhor, assim como já vencemos atuando pior. Mas, pra mim, ao menos fica a certeza da evolução de um elenco que vai precisar demais ser carregado nos ombros por nós.

Bruno Cazonatti
@cazonatti

Anúncios

Sobre Bruno Cazonatti

Eu sou tudo aquilo que você leva de mim.

2 comentários em “No Apagar das Luzes…

  1. Eu vi outro jogo! Não entendo o motivo de se crucificar o Léo Moura. Todas as jogadas do Inter foram pela nossa esquerda. Aquele João Paulo é horroroso, não marca, não ataca. Acertou um cruzamento no jogo. Só isso.
    E não atacamos. Onde está o Rodolfo? Esse Nixon é péssimo, o Val um lixo, mas estão sempre em campo. Porque o Rafinha não entra mais?

  2. Flávio, O Léo Moura é triste. Não apoia, não defende e não cruza. O João Paulo é apenas esforçado e, sim, reforço o côro sobre o Cadê o Rodolfo? Tá me cheirando a empresário sem força.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: