5 Comentários

O tamanho da merda.

Dezessete jogos. Dezenove pontos.

Sete jogos em casa, com uma mísera vitória, três empates e três derrotas. Nos clássicos, duas vitórias e um empate.

Sete jogos fora, com uma vitória contra o ameaçado Criciúma, três empates e outras três derrotas.

Se fosse um campeonato carioca, estaríamos invictos e bem, pois não perdemos dos rivais tradicionais. Mas não é. É Campeonato Brasileiro e a campanha é pavorosa.

Culpa de jogar fora do Rio? Bom, vamos ver o desempenho em “casa” de novo.

Sete jogos em casa, com uma mísera vitória, três empates e três derrotas. Somente dois clássicos foram no Maracanã, contra Fluminense e Botafogo, respectivamente uma vitória contra um time abaixo de nós na tabela e um empate dramático no último minuto contra uma equipe com desempenho de Libertadores.

Ok, no Maracanã, contra times cariocas, tivemos um bom desempenho. Mas fora dele, em qualquer campo do Brasil, o desempenho foi péssimo. Até o final do campeonato, se jogarmos todas no Rio, além dos clássicos, serão nove partidas, 27 pontos em disputa, se ganharmos todos chegamos a 46. Se ganharmos todos.

Aí pegamos o desempenho fora de casa.

Sete jogos fora, com uma vitória contra o ameaçado Criciúma, três empates e outras três derrotas.

Já pegamos Náutico em “casa” e perdemos. Agora será fora. Tomamos uma porrada do Bahia fora. Portuguesa empatamos em casa. São Paulo, idem. Times que disputam com a gente a fuga da segundona. E pelo andar da carruagem, será isso até o final.

Serão mais nove jogos fora de casa. Nosso desempenho foi até agora de uma vitória. Só uma.

Será que só levar para o Maracanã resolve? Matematicamente falando, não. Da mesma forma que podemos ganhar ou perder em casa, também poderá acontecer isso fora, mas olha o desempenho até agora. Olha o time que temos à disposição. Olha o tamanho da merda.

Quem sabe rezar, pode começar.

Anúncios

5 comentários em “O tamanho da merda.

  1. E a derrota pra Ponte em Volta Redonda, por 2 a 0?
    E o empate em casa com o Coritiba, após estar vencendo por 2 a 0?

    Nossa campanha nos jogos com mando de campo é ainda mais preocupante que nossa pontuação.

    Esse ano, mais do que nunca, são Judas Tadeu vai ter que entrar em campo…

    Copa do Brasil? Me poupem…

  2. a diretoria que prega uma gestão profissional, nem precisa contratar uma auditoria para avaliar os risco do time no campeonato. Todo mundo sabe que estamos na mão do palhaço. Mas eles não. Sairam desmontando um time, testando tecnicos, cortando folhas, e sempre certos que “time grande não cai”.

    Não vou sair por ai profetizando o apocalipse, sofrer por antecipação, é bem cedo pra isso, estou bem calmo, a tendencia é o time melhorar, mas não custa nada ligar o alerta. Esta na hora de todo mundo se mexer. Falta dar uma sacudida nesse departamento. Falam grosso para impor disciplina, quero ver falar grosso pra cobrar resultado. O time entra em campo como se fosse mais uma partida qualquer. Basta.

    Planejamento e foco. O velho esquema empata fora e ganha dentro.

    Contra o vitoria devemos ter ousadia e ñao covardia. É 3pts ou nada.

  3. o erro dos carecas.

    Ainda não é possivel dizer que erraram, mas como diz o post (com numeros), se não melhorar o desempenho no campeonato, o fim será desastroso. Errariam muito. Rebaixamento é o calcanhar de qualquer presidente do Flamengo. Não manjo de finanças, burocracias, juristas, mas acho lindo esse negocio de pagar em dia, honrrar compromissos, e andar de cara limpa, então se eu for apontar um erro prematuramente, esse erro seria na gestão do time.

    Ao mesmo tempo que tinha jogador pra ser dispensado, tinha jogador pra continuar no time q mandaram pastar, baseados em uma logica de economia de gastos e tolerancia zero com indisciplina. Faltou aos carecas mais malicia, mais jogo de cintura com o futebol. O erro pra mim esta aqui. Não ha como duvidar que o time vinha bem no começo do ano, depois houve uma grande mudança de rumo e de lá pra cá só piora. Ja é possivel dizer que as mudanças foram um erro. As apostas não deram certo, Se rebaixar vai coroar o erro, se não, ameniza e bola pra frente, passado a tempestade, vai ser hora de aprender com os erros e seguir em frente.

    em tempo.

    pq wallace?
    e
    onde esta o amaral?

    #aquinãoécorintians!

  4. a cada escalação do Mano, eu sinto vontade de vomitar.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: