3 Comentários

Feijão Com Arroz, Mas Com Tempero Caseiro.

Foto: Agência Estado

Como é bom ver o Flamengo, mesmo com um time limitado, jogar que nem homenzinho, sem aquele medinho escroto e covardia típica dos Manos, Jorginhos e demais defuntos! Melhor ainda é vencer a segunda partida consecutiva, quebrar tabu e constatar que o Jayme, na tranquilidade e humildade, acertou posicionamentos e não gosta de inventar moda. Sim, ganhar fora de casa, principalmente lá no sul, não é costumeiro. Mas, convenhamos, pegamos outro gato mole pela frente. O Coritiba vem descendo a ladeira e foi muito bom empurrá-lo ainda mais para baixo, pois era mais uma partida que valia 6 pontos.

Ah… dá até pra começar a sonhar com… Opa, calma lá! Pezinhos no copochão e nada de euforia! Degrau por degrau, no sapatinho máximo, a gente vai subindo na tabela. Demos uma respirada, mas nada que nos permita estar tranquilos, afinal, estamos apenas a 8 pontos da zona fatídica. Ih, mas não é que são também 8 pontos que nos separam do G4!? Então, depende da forma como você enxerga, emocionalmente, o copo meio cheio ou meio vazio…

O que vemos hoje é um Flamengo fazendo o básico. Feijão com arroz, mas com tempero caseiro. Time atrás da linha da bola, criando mais, se defendendo sem afobação, mais organizado e, porque não dizer, jogando bem? Sem mágica, sem invenções mirabolantes, soberba ou estrelismo. Um time que vai ganhando confiança, superando suas deficiência e que pode, surpreendentemente, nos dar alegrias que, até a algum tempo atrás, sequer imaginávamos. Embala, Mengão!

====================================================================

Este foi meu último post aqui no FlamengoNet.

Não tenho mais como dedicar o meu tempo da maneira como este espaço merece.

E, em tudo que faço nesta vida, prefiro ser inteiro do que metade.

Sendo assim, despeço-me deste espaço histórico, do qual tenho muito orgulho de ter participado. Foi uma honra fazer parte deste blog que foi o precursor e inspirou inúmeros co-irmãos. Agradeço aos amigos Alex Triplex e Dão Tavares pelo convite e também aos parceiros de blog, especialmente ao querido Rúbio Negrão, de quem sou fã.

Trilharei outros caminhos, sempre falando de Flamengo, com acidez, emoção e amor.

Obrigado!

Bruno Cazonatti
====================================================================

Anúncios

Sobre Bruno Cazonatti

Eu sou tudo aquilo que você leva de mim.

3 comentários em “Feijão Com Arroz, Mas Com Tempero Caseiro.

  1. Eh uma pena, porque era o ultimo blogueiro deste blog que ainda dava vontade de ler…
    Incrivel como este blog caiu.. Antigamente, antes, durante e depois dos jogos eram centenas de comentarios e discussoes…

    Eh uma pena…. foram bons anos frequentando este blog que agora esta silencioso demais pra valer a pena vir ca comentar…

    Acho que este vai ser meu ultimo comentario tambem…

  2. é uma pena. O Lendario blog ta sumindo mesmo.
    Se vc estiver indo pra outro blog, deixa o link ai.

    srn’s

  3. continuo firme na minha opinião. Não temos elenco pra rebaixamento esse ano. É o suficiente pra se manter entre os 10 primeiros. Nada justifica ver vitoria, santos, e flor, na nossa frente.

    oq aconteceu com esse time?

    pra mim, a mudança significativa foi a pegada na marcação e ligação com o ataque em velocidade. Antes apenas cercavamos o adversario e subiamos lento com posse de bola. A entrada do Amaral ajudou nesse sentido.

    a escolha por jogadores mais efetivos e de menos nome tbm ajudou.

    é sempre manter a precaução. Ainda tem muita rodada, mas o certo é se garantir na seria A logo nas proximas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: