24 Comentários

Encerramento

A administração do Blog da FlamengoNet comunica o encerramento das atividades.

Queremos agradecer a todos os amigos que fizemos durante nossa existência, bem como a todos aqueles que colaboraram com textos, fotos e vídeos. E aos amigos Sidney e Carlos Bastos, por confiarem em nossas mãos os cuidados com o blog.

Deixamos de legado o livro “Ser Flamengo”, e uma série infinita de textos sobre a nossa maior paixão: o Flamengo. Também está no endereço http://flamengonet.blogspot.com.br, abaixo do “encontre-nos no facebook”, um link para os arquivos, com textos desde o começo do blog, por mês/ano.

Vida longa ao clube de maior torcida do Brasil. Vida longa ao nosso Mengão.

Saudações Rubro-Negras.

Administração do Blog da FlamengoNet

Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Após a vitória do Mais Querido do Mundo (by Conmebol) sobre o Criciúma, lucubrei no Twitter sobre o fato incontestável de o Hernane ter nascido para fazer gols, especulando até que se ele ainda soubesse jogar bola, seria um craque comparável ao Pelé, num patamar bem próximo ao do Zico.

Agora, o mais engraçado, e podem rir se eu estiver mentindo, foi que não escrevi isso como uma piada, mas como uma óbvia constatação. (Percebam que Romário, um centroavante que além de fazer gols ainda sabia jogar bola, ultrapassou tardia, porém resolutamente a barreira dos 1.000 tentos.)

Cenão vejemos e erremos: normalmente, considera-se o goleiro um jogador excêntrico por exercer uma função bastante específica, que difere bastante daquelas executadas (ou supostamente executadas) por seus companheiros de equipe: estes visam fazer gols, enquanto aquele os evita. Isso sem citar o seu biótipo, que se destaca na paisagem: se os jogadores de linha, em geral, são pouco altos, ou baixos em demasia, muito magros ou gordos bagarai, o golquíper é, e precisa ser mesmo, um sujeito esguio, que beira, quando não ultrapassa, os 2mts de altura, além de usar um uniforme diferente, com direito a luvas, toalhinha, proteção bucal e uns malas enchendo o saco o jogo inteiro quando atua em áridos alçapões sem fosso como São Januário.

Trata-se, pois, de um cara de personalidade mais forte, que assume na lata ser ruim de bola, mas que tá lá, dando a cara pra bater, orientando no grito e na moral uma defesa cujos integrantes jogam bem melhor que ele, Welinton incluso.

Agora, sejendo cinsero e analfabético, eu nunca, jamais tinha parado pra pensar que o centroavante partilhava tal estirpe com o guarda-redes, atuando como uma espécie de goleiro às avessas infiltrado na seleta panela dos laterais, zagueiros, volantes, meias e pontas.

Ora, meus leais detratores, parem pra pensar. Pararam? Conseguiram? Ora, presenciamos defesas milagrosas com a mesma frequência com que testemunhamos gols sobrenaturais. Aturamos frangos inacreditáveis e gols inacreditavelmente perdidos com igual regularidade. É ou não é?

O que me faz voltar ao tema Hernane. O Roberto Gomes, experiente olheiro do BUTECO DO FLAMENGO, afirmou o seguinte sobre o nosso protagonista de hoje: “Ele pode ser matador, mas é ruim de bola e burro…”

Quem sou eu pra discordar do Roberto, ainda mais quando concordo com ele?! O Hernane é tecnicamente limitado, sim, mas aí é que reside toda a beleza da coisa: o Brocador compensa plenamente tal limitação com muita garra, disposição, profissionalismo e, principalmente, um salário baratinho. De modo que é o cara certo na posição correta, a “centroavância”, um mister que permite o sucesso e a realização profissional ao jogador ruim de bola e burro, mesmo quando, em sua polivalência, é ruim de bola e burro ao mesmo tempo.

Assim como tantos outros centroavantes imbecis, retardados e completamente ineptos para a prática do futebol, posto que nada sabiam fazer com uma bola além de depositá-la impiedosamente e ininterruptamente dentro do gol adversário, exatamente como reza o livro de regras do esporte bretão, Hernane desbancou, ou melhor, abancou o habilidoso Marcelo Moreno, que apesar do renome internacional ainda não percebeu que quando a bola chega aos seus pés dentro da área adversária, a torcida não quer mais saber de futebol. Ela quer é gol. Gol feio, bonito, chorado, engraçado, cagado, legal, ilegal, genial, espirrado, chutado, de placa ou de bico.

Sim, porque do Hernane eu espero tudo.

Duplex Toc Zen

1 - “Palmeiras confirma interesse do Flamengo em meia chileno”: Pô, Mengão! Tá tentando arrumar mais Valdívida? #TrocadalhoDoCarilho

2 – O seguro morreu de infarto: Como o Flamengo tem “morrido” nas segundas etapas das partidas, agora eu só fico sussa de verdade quando o time mete 3 gols de vantagem… e o juiz apita o fim do jogo. 

3 – Nem se virassem a tabela do Brasileirão de ponta-cabeça o Mengão pegaria um G4: Já o Vasco…

4 – Tudo bem que o Flamengo não tem 11 titulares à altura de suas tradições: Mas pelo menos tem 11 reservas bons bagarai!

5 – O Mano Menezes é mesmo diferenciado no meio esportivo: Já tem 2 Séries B, enquanto muitos jogadores ainda nem têm a 1ª série.

6 – Os jogadores do Flamengo teriam evitado a demissão do Mano se tivessem se fechado em torno dele: Se fechado em torno dele pra comê-lo na porrada num violentíssimo corredor polonês!

7 - “Pra jogar contra Zâmbia e Coreia, Felipão poderia ter convocado o Val também!” – Rocco Fermo: Concordo. Quem sabe usando a amarelinha, uma camisa bem mais leve que a do Flamengo, o cara conseguisse finalmente jogar a sua bolinha.

8 - “Como comentaram mais cedo, deve ser uma equipe de redatores para conseguir escrever tão bem e com tanta criatividade toda a semana.” – Luiz Mengão Eduardo: Quem me dera… Na minha “equipe”, só o Tico e o Teco mesmo, sendo que este último, coitado, ainda tem me faltado direto porque tá nas últimas.

9 - “A equipe DC United dos EUA anuncia projeto de estádio com semelhanças à Arena Corinthians”: Também será construído com dinheiro público?

171 – Dirigente do São Paulo minimiza drama do rebaixamento: “Se em 87 o Sport Recife foi campeão brasileiro, em 2014 o tricolor paulista pode perfeitamente repetir o feito!”

11 – O Botafogo em Brasileiros é como as novelas na Globo: Todo mundo sabe como termina com muita antecedência.

12 – Ri alto, mas quem nunca?: “O Botafogo é a quinta força do futebol carioca, ao lado do Bangu.” – Arnaldo Taveira

13 - “Vasco tem 59% de chances de cair no Brasileirão”Que sina a nossa! Mesmo após o término do último Cariocão teremos que continuar aturando o Vascão 100%…

14 – O problema do Vasco nem é mais cair pra Série B: É qualificar o time pra disputa.

15 – Caro coirmão cruz-maltino, não tema: O Vasco já tem a manha da Série B. Veja só como o Palmeiras tá nadando de braçada!

16 – Alex Soneca, não: Alex Morteca mesmo.

17 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao)

“O Flamengo tá fudido, tudo estourando na mão da nova gestão porque ela está disposta a pagar o que o Fla deve…” - Jamilton, BUTECO

Não discordo da escalação do Jayme, porque conseguir tirar 11 titulares da cartola já o qualifica pro Gala Internacional de Magia.

Quem acompanha as Calúnias sabe que antes do Brão eu já dizia que o artilheiro do certame o Hernane seria.

De repente até já dá pra fazer os 45 pontos contra o Criciúma mesmo.

Que jogador moderno, o Paulinho! Onipresente.

Criciúma, criciduas, cricitrês, criciquatro! MEEEEEEENGOOOOOO!

@sergiomrvieira: ♫♫ O mais querido tem Rubens, Paulinho e Pavão… ♫♫

@maxamaral: RT @sergiomrvieira@rubionegrao ♫♫ O mais querido tem Elias, Samir e Chicão… ♫♫

Diretamente do currículo do Jayme de Almeida: “Ex-jogador do Flamengo, atual treinador especializado em Criciúmas.”

#ConteComigoMengão: é um, é dois, é três, é quatro. Final: Flamengo 4×1 Criciúma.

Portuguesa 4 x 0 Corinthians: o Corinthians não pode se queixar, pois se foi ferrado por um time português, será salvo da degola por outro.

Este ano o Vasco só cai se depender dele mesmo. #TambémNãoEntendi

Se o Vasco cair junto com Corinthians e São Paulo, prevejo uma longa temporada na Série B.

O gostoso de se livrar rápido da degola é poder torcer por resultados mais divertidos, em vez de mais interessantes.

Corinthians 4×0 Flamengo, Portuguesa 4×0 Corinthians. Moral da história: quem com quatro fere, com quatro será ferrado.

“Ele [Cáceres] careceres de técnica e velocidade.” - @Jal1974, BUTECO DO FLAMENGO

“Nome de estádio sugestivo pro Curinthia cair de 4: Morenão. O Sheik pira!” - @aafsouzanit, BUTECO DO FLAMENGO

“Ibson e Maldonado estão fazendo o que dirigente nenhum do Fla conseguiu nos últimos anos: destruir o MSI.” - Bcbfla, BUTECO DO FLAMENGO

Enquanto o Flamengo tenta trazer 1 jogador da Série B, o Vasco, bem mais ambicioso, tá levando logo 11 pra lá.

Quem cairá antes: o Vasco ou o Dorival?

“Curti mesmo os três pontos que invadiram a casa dos trinta. Trinta pontos balzaquianos, que demoraram a chegar.” - @CMouta, BUTECO

O Hernane nasceu pra botar bola pra dentro do gol. Inigualável. Se soubesse jogar futebol seria um gênio nível Pelé.

Prezada torcida do Corinthians: nada, mas NADA justifica a violência… exceto uma goleada pra Portuguesa. TACA FOGO EM TUDO MESMO, GALERA!

Por acaso esse jogador de time da 2ª divisão que o Flamengo tá trazendo seria do Vasco, Fluminense ou Botafogo?

Por que cargas d’água o Bottinelli não jogará na 4ª-feira? Não tem uma cláusula no seu contrato obrigando o Coritiba a escalá-lo contra nós?

O misterioso novo contratado é algum jogador do Vasco que só será integrado ao elenco do Flamengo no ano que vem. Daí, “jogador da Série B”.

Ruim sem ele, pior com ele: Ué vem aí!

O Flamengo só decolará inexorável e definitivamente quando certas pessoas ali dentro conseguirem amar o Clube mais do que amam o poder.

Hoje o Deivid nem precisa entrar em campo com a camisa do Flamengo por baixo da do Coritiba. Prefiro que entre com a do Inacreditável mesmo.

Daqui a pouco, Flamengo x Coritiba, com o grande duelo Hernane Brocador x Alex Roncador!

Na rodada de hoje o Inacreditável FC vai jogar desfalcado do Deivid. Já o Elias vai jogar.

Se o Bráulio estiver caído, o Rafael Sóbis. #TrocadalhoDoCarilho

É, né, seu Pênicles Chamuscarosca? Hoje não tem o Abel Bobo do outro lado pra você dar nó tático, né?

Ô Cazedú! É pra jogar CONTRA os coxas, e não NAS coxas! 

‏@thiagotico Se tivesse só ele de zagueiro ele já teria que fazer isso RT @rubionegrao Caraca, o Welinton vai ter que ralar muito pra barrar o Wallace!

‏@betovelvet Conta hackeada por um tricolor RT @rubionegrao: Quem é aquele bigodudo charmoso com a 9 do Flamengo?

Tô na dúvida se hoje o Alex Soneca tava elétrico, ou se o Cazedú é que tava meio morgado…

“E esse 10 do Coritiba é o Alex ou o Rui Cabeção, hein?” - Andre Cardoso, BUTECO DO FLAMENGO

A arrancada do time do Andrade para o hexa em 2009 também começou com uma quebra de tabu contra o Santos na Vila Belmiro, confere?

E diferentemente do Flamengo de ontem, não consegui quebrar minha escrita. Daí, continuo nada mais fazendo.

(Ás do quinta-colunismo esportivo, Rúbio Negrão, vulgo Rubro-Negão Trolhoso, vulgo RNT, é cria dos juniores do blog da Flamengonet, e aceita doações de camisas oficiais novas do Flamengo no tamanho G.)

3 Comentários

Feijão Com Arroz, Mas Com Tempero Caseiro.

Foto: Agência Estado

Como é bom ver o Flamengo, mesmo com um time limitado, jogar que nem homenzinho, sem aquele medinho escroto e covardia típica dos Manos, Jorginhos e demais defuntos! Melhor ainda é vencer a segunda partida consecutiva, quebrar tabu e constatar que o Jayme, na tranquilidade e humildade, acertou posicionamentos e não gosta de inventar moda. Sim, ganhar fora de casa, principalmente lá no sul, não é costumeiro. Mas, convenhamos, pegamos outro gato mole pela frente. O Coritiba vem descendo a ladeira e foi muito bom empurrá-lo ainda mais para baixo, pois era mais uma partida que valia 6 pontos.

Ah… dá até pra começar a sonhar com… Opa, calma lá! Pezinhos no copochão e nada de euforia! Degrau por degrau, no sapatinho máximo, a gente vai subindo na tabela. Demos uma respirada, mas nada que nos permita estar tranquilos, afinal, estamos apenas a 8 pontos da zona fatídica. Ih, mas não é que são também 8 pontos que nos separam do G4!? Então, depende da forma como você enxerga, emocionalmente, o copo meio cheio ou meio vazio…

O que vemos hoje é um Flamengo fazendo o básico. Feijão com arroz, mas com tempero caseiro. Time atrás da linha da bola, criando mais, se defendendo sem afobação, mais organizado e, porque não dizer, jogando bem? Sem mágica, sem invenções mirabolantes, soberba ou estrelismo. Um time que vai ganhando confiança, superando suas deficiência e que pode, surpreendentemente, nos dar alegrias que, até a algum tempo atrás, sequer imaginávamos. Embala, Mengão!

====================================================================

Este foi meu último post aqui no FlamengoNet.

Não tenho mais como dedicar o meu tempo da maneira como este espaço merece.

E, em tudo que faço nesta vida, prefiro ser inteiro do que metade.

Sendo assim, despeço-me deste espaço histórico, do qual tenho muito orgulho de ter participado. Foi uma honra fazer parte deste blog que foi o precursor e inspirou inúmeros co-irmãos. Agradeço aos amigos Alex Triplex e Dão Tavares pelo convite e também aos parceiros de blog, especialmente ao querido Rúbio Negrão, de quem sou fã.

Trilharei outros caminhos, sempre falando de Flamengo, com acidez, emoção e amor.

Obrigado!

Bruno Cazonatti
====================================================================

4 Comentários

FLAMENGÔMETRO nº 211

flametro_2013_211

REPETIÇÕES, REPETIÇÕES e REPETIÇÕES

Mais uma vez o Flamengo venceu jogando bem o primeiro tempo e emperrando o segundo. Mais uma vez o Flamengo venceu com muitos gols no primeiro tempo (todas as vitórias foram assim), e mais uma vez ameaçou se complicar. Como tive que sair durante o intervalo, saí de casa com o susto de um golzinho do Criciúma com direito a goleiro expulso. Enquanto minha filha assistia a uma peça da Pequena Sereia, eu me corroía pensando no vexame que seria perder de virada de novo. Felizmente, garantimos a vitória com  mais um golzinho suado (como é difícil fazer gol no segundo tempo!). Jayme vai dando uma organizada no “bando”, que insiste em não aproveitar as chances de deslanchar. Nem com um a mais, fomos capazes de impedir um contrataque que resultou em pênalti e numa pressão desnecessária do adversário. Hernane mais uma vez marcou, e assim seguimos surfando à frente do vagalhão da zona. A lamentar muito, a nefasta contusão do promissor zagueiro Samir.

Contra o Coritiba, meu sonho seria repetir uma analogia com o começo de Andrade em 2009, quando o Flamengo derrotou o  Santos na Vila Belmiro, derrubando um tabu que já durava décadas. Há muito tempo que não vencemos os paranaenses lá, e bem que seria interessante aproveitarmos a má fase do ex-líder para beliscar três pontinhos. Aliás, temos uma sequência difícil contra quatro adversários em crise, além do Coxa, Vasco, Inter e Botafogo, com o Flamengo precisando provar que realmente está em ascensão, com atuações convincentes e que durem os noventa minutos (mais acréscimos). Vamos à luta!

ps: Wellinton, não.

10 Comentários

FLAMENGÔMETRO nº 210

flametro_2013_210

JAYME: O NOME DA ESPERANÇA

Não entendam isso como uma empolgação exagerada ou forçação de barra, mas quando vejo o Jayme à beira do campo, lembro-me do sensacional (ainda que subestimado) Carlinhos. A serenidade, a tranquilidade, mas ao mesmo tempo o comprometimento com um estilo de jogo mais adequado ao que sempre vingou no Flamengo. No primeiro tempo vimos um time bem organizado e competente, tomando conta do jogo, com uma fluência que o Mano jamais conseguiu dar ao time. Infelizmente o Jayme conta com um elenco limitado, cuja dificuldade em fazer gols e transformar domínio em vantagem segura, mas dentro do possível, deu uma boa estrutura tática ao time. Jayme não é mágico e talvez não consiga ensinar o Paulinho a cruzar ou o Amaral a acertar passes.

Coincidentemente, os técnicos mais vitoriosos pelo Flamengo foram técnicos que assumiram o time como novatos: Claudio Coutinho, Carlinhos, Carlos Alberto Torres, Carpegiani, Andrade. Quem sabe que esta aparente coincidência não indique um padrão recorrente?

2 Comentários

#MovimentoConteComigoMengão

===============================================================================================================

NAÇÃO

Chegou a hora de entrarmos em campo e virarmos esse jogo, nossa camisa, nossas glórias e a nossa incontável torcida, são os maiores reforços que o FLAMENGO pode e deve contar neste momento não condizente com a nossa grandeza.

Contra Cruzeiro e Botafogo, já amarramos as chuteiras, entramos em campo e mostramos um pouco da nossa capacidade, entretanto, nosso papel é, vestir nossa armadura RUBRO NEGRA, bater no peito e clamar a plenos pulmões o quanto somos ACIMA DE TUDO RUBRO NEGROS. Saiam todos de suas casas, cidades e nações. Dentro e fora do estádio multiplicaremos nossas vozes respondendo aquilo que sempre esperam de nós: apoio incondicional e 90 minutos de gritos ensurdecedores nas arquibancadas do Maracanã.

Nação RN

Junte-se ao #MovimentoConteComigoMengão, venha abraçar o FLAMENGO e carrega-lo nos braços como já fizemos em tantas outras oportunidades, fazer loucuras pelo FLAMENGO é o esporte preferido da NAÇÃO RUBRO NEGRA. Vamos convocar, se preciso for vamos as ruas, vamos pintar as esquinas desse Brasil com o vermelho e o Negro que tingem nosso manto, nossa veia e a nossa alma.

Ser Flamengo também é isso, entrar em cena nos momentos mais conturbados, quando o clube mais precisa e quando todo mundo acha que não existem mais esperanças. Vamos mostrar a TODOS que jamais deixaremos de ser os maiores do mundo: Na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, até que a morte nos separe.

O Flamengo não nos convida, o Flamengo nos convoca

#MovimentoConteComigoMengão – Acima de Tudo… RUBRO NEGRO

===============================================================================================================

Deixe um comentário

Calúnia do Rúbio Negrão

Sejemos cinseros e analfabéticos, porque quem me acompanha sabe que comigo não tem encheção de linguiça: apesar de ele ter trabalhado no Fluminense sob a chancela de uma famosa e eficiente lavanderia, nunca achei o Abel Braga nenhuma Brastemp, apesar da compleição “geladeirosa” do referido senhor.

Isso, sou de guardar rancor, sim, e ainda o guardo na minha memória repleta de glórias rubro-negras na triste recordação daquela imperdoável derrota pro finado Santo André em pleno Maracanã. O referido senhor realizou a façanha, a proeza e o feito de perder a Copa do Brasil de 2004 perante 80 mil torcedores alucinados, dando-se ao luxo e à loucura de escalar o time com quatro volantes. Em tempo: quatro volantes ruins.

Mesmo assim, como já assumi acima o sagrado compromisso de sejer cinsero e analfabético, sou forçado a admitir que o nosso elenco folgazão anda mesmo precisado de um treinador casca-grossa, que dê pontapés em cadeiras e taponas em orelhas. Nem ousem me pedir pra sugerir algum nome além do já tristemente citado, porque a coisa tá feia. A feira ainda nem acabou, mas no mercado só tem xepa. E olha que, depois do Roberto Gomes (BUTECO DO FLAMENGO), eu sou o maior coçador, digo, caçador de talentos do Brasil!

Cenão vejemos e erremos: se o top de linha Mano, considerado não uma simples Brastemp, mas um legítimo Bosch, não aguentou a trolha (e olha que o Seedorf nem joga no Mais Querido!), não será um Cristóvão ou um Mancini da vida que aguentará. É isso aí, meus leais detratores: assim que o neófito Mano sacou que time grande não caía, e que o Flamengo não era apenas grande, como também o maior do mundo, só teve o trabalho de somar um mais um. (E que nenhum metido a engraçado me pergunte qual foi o resultado, pois não vem ao caso: se eu não sei matemática, você também não conhece figura de linguagem, valeu?) O que vem ao caso é que um Flamengo “incaível” brecaria o arrojado e ambicioso projeto do Mano pra 2014, a saber, o tri da Série B. (Exato, foi na segundona onde ele mais deu certo.)

A grande realidade, então, é que não podemos reclamar um lateral-direito reserva e um meia ofensivo quando o ano já tá terminando, e ainda nem temos treinador!

Mas tudo bem. Ainda tô sussa. Tão sussa que ainda prestarei um serviço social aos novos flamenguistas. Como o clima na Gávea é de Juízo Final, vou esmiuçar a bagaça pra essa nova geração que só agora começa a idolatrar o Mengão: se na teologia católica há os conceitos de céu e inferno, sendo que às vezes o céu é precedido por um purgatório, no esporte bretão, a coisa não é lá muito diferente: o G4 seria o céu, o Z4, o inferno, e o Flamengo, o purgatório.

Duplex Toc Zen

1 - #TrocadalhoDoCarilho1: Era pra ser uM ano, mas só ficou pouco mais de 3 meses.

2 - #TrocadalhoDoCarilho2: Era pra ser uMano, mas foi um rato.

3 - #TrocadalhoDoCarilho3: Era pra ser u Mano, mas foi padrasto.

4 - #TrocadalhoDoCarilho4: Era pra ser Mano, mas foi mona.

5 – O novo apelido do Mano Menezes é Zero-Um: Pediu pra sair.

6 – E se o Mano pediu pra sair foi por vergonha de sentar no nosso banco de reservas: Pô, todo mundo entrava pra jogar, até o Cazedú tinha chance no time, menos ele!

7 – Tem que botar o Joel pra dirigir o Flamengo: Porque ele bebe bagarai, mas não cai.

8 – Sério, acho o Joel Santana uma excelente opção: Mas só se a outra for morte com dor.

9 - “Abel recusa convite do Flamengo”: Também, dos volantes chumbregas que a gente tem, mal daria pra ele escalar uns 3 naquela meiúca.

Z4 – Daqui pra frente, esqueçam a balela dos “jogos de 6 pontos”: A partir de agora, todos os jogos valem 45.

11 – Aí, o pequeno vascaíno perguntou pra mãe: “Mamãe, no céu tem Z4?”: E subiu.

12 – Time grande não cai: Já treinador de time grande…

13 – E o encantado Cruzeiro está sendo perseguido pelo Botafogo: Ou seja, não vê ninguém na sua frente nem atrás.

14 – De pernas pro ar: É duro pra um futebol de 101 anos, como é o do Flamengo, ter que ouvir que o objetivo agora é chegar aos 45.

15 – Se em 1969 o Pelé parou um conflito lá na Nigéria, em 2013, na Turquia…: “Felipe Melo quase começa uma guerra civil.” - Bcbfla, BUTECO DO FLAMENGO

16 – RiR: Se em 2013 a Christiane Torloni celebrizou o “Hoje é dia de rock, bebê!”, em 2014 a garotada precoce mandou muito bem no “Hoje é dia de rock e beber!”.

17 – Twitter Cassetadas da semana (em tempo real só em @rubionegrao)

Que futebol fantástico o Flamengo não está jogando!

Mengão x Timbu: com a chuva forte, o campo ficará ideal para um Clube de regatas e um Náutico.

Time grande não cai, mas dá um trabalho…

O time do Flamengo não é pereba o suficiente pra cair este ano. Como tem time ruim neste Brão!

O Flamengo está repetindo a campanha ridícula do ano passado, só que com uma folha de pagamento bem mais enxuta.

Se não tivesse essa regra de rebaixamento, este ano eu nem assistiria mais futebol.

No Rio, o Medina faz RiR e o Flamengo faz CHoRaR.

A gente sabe que a coisa tá feia quando o Elias perde um gol que o Cazedú faria.

“1º turno: 2pts em 4 rodadas. 2º turno: 5pts em 4 rodadas. Tô te falando que vamos pegar essa vaga na Libertadores.” - Ronel_Bonifacio

“Se [Abel] não aceitar vamos de Jayme, paciência. Mas aí temos que comprar o barulho. Encher o estádio e carregar o time.” -Guto Fla, BUTECO

Vocês ficam botando pilha em mim pra arrebentar o Mano na próxima Calúnia, mas depois se rolar processo, eu é que vou ter que me virar, né?

“O Pelé Abreu é diretor do banco do Santos.” - @CMouta

Vocês sabiam que nos anos 40 e 50 o Flamengo já teve um treinador chamado Jaime de Almeida? http://www.flamengo.com.br/flapedia/Jaime_de_Almeida

O Jaime de Almeida sênior jogou MUITA bola pelo Fla, além de ter treinado o time nos 1940 e 1950. Daí que o Jaime júnior é puro-sangue.

Se ficaram meses tentando o Adrián Martínez pra reserva do Léo Moura, temo q também fiquem esperando o Abel acabar seu drink pra se decidir.

Calma que ainda tem muitos treinadores dando sopa no mercado. Só entre a torcida do Mengão tem mais de 40 milhões.

Como o tempo urge, o q é melhor pro Mengão neste momento: um treinador “com currículo”, ou um técnico que já conheça o elenco mais a fundo?

“Vi uma foto agora do Adryan e nao sei nao… acho que esse garoto ta mastigando sal e vai começar a morder fronha…” - Rocco Fermo, BUTECO

Joel Santana salivando.

“Tá na hora de abrir o ninho do urubu pros veteranos de guerra Nunes, adilio, J. C., Pet, apelaria até pro adriano.” - jmario81, FLAMENGONET

Eu nunca fui, e digo o mesmo. ‏@littlehoskeehl não fui pra escola hoje e graças a Deus não perdi muita coisa…

Nas atuais circunstâncias, eu trocaria o título da Copa do Brasil por mais 3 pontos na tabela do Brasileirão. Mas eu não bato bem da bola.

“No Flamengo não há espaço para covardes.” - @CMouta, BUTECO DO FLAMENGO 

“Fani empina bumbum e se gaba na academia: ‘Estou magra!’”

♪ Viiiiiva, viiiiiva, ♫

♫ Viva a sociedade apelativa… ♪

E nada mais faço. Só não cochilo por medo de rolar uma onomatopeia assim: ZZZZ.

(Ás do quinta-colunismo esportivo, Rúbio Negrão, vulgo Rubro-Negão Trolhoso, vulgo RNT, é cria dos juniores do blog da Flamengonet, e aceita doações de camisas oficiais novas do Flamengo no tamanho G.)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.204 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: